7 comportamentos que fazem com que você não atraia aquilo que deseja

Kelly Moraes | Sigma Six Comunicação Em alguns momentos parece que atraímos para nossa vida exatamente o oposto do que estamos verdadeiramente desejando. Pesquisador e estudioso da Lei da Atração há mais de uma década, Wallace Liimaa explica como nosso comportamento viciado pode estar provocando essa confusão No fundo você deseja um relacionamento sério e […]

Em 23/02 de 2017

Kelly Moraes | Sigma Six Comunicação

Em alguns momentos parece que atraímos para nossa vida exatamente o oposto do que estamos verdadeiramente desejando. Pesquisador e estudioso da Lei da Atração há mais de uma década, Wallace Liimaa explica como nosso comportamento viciado pode estar provocando essa confusão

Wallace Liimaa é professor, pesquisador e estudioso da Saúde Quântica e tem como objetivo transformar a vida das pessoas, gerando melhora na qualidade de vida e transformação pessoal | Foto: Divulgação

Wallace Liimaa é professor, pesquisador e estudioso da Saúde Quântica e tem como objetivo transformar a vida das pessoas, gerando melhora na qualidade de vida e transformação pessoal | Foto: Divulgação

No fundo você deseja um relacionamento sério e duradouro, com alguém que esteja ao seu lado para dividir sonhos e projetos, mas você entra e sai de “rolos” nos quais repete as mesmas experiências negativas do seu último relacionamento. Você sonha com a prosperidade financeira, com um carro novo, uma casa e viagens emocionantes, mas frequentemente vive se enrolando, administrando mal suas finanças, estourando o limite do cartão de crédito e terminando o mês no vermelho. Você deseja paz e tranquilidade, mas segue com a sensação de que os acontecimentos do dia a dia te perturbam e te atropelam. De acordo com o professor e pesquisador Wallace Liimaa, que acaba de finalizar um estudo aprofundado sobre a Lei da Atração, essa divergência entre o que se manifesta em nossas vidas e o que desejamos, está ligada a forma como lidamos com os nossos pensamentos e gerenciamos as nossas emoções e nossas crenças.

O especialista, que é reconhecido internacionalmente por suas contribuições na área, listou os sete comportamentos que podem estar “gongando” suas realizações:

1 – Pensar de maneira negativa nos leva a atrair o que não queremos: o pensamento é o que desencadeia todo o processo que irá culminar com algum acontecimento que se manifesta nas nossas vidas. Curiosamente, o nosso cérebro não distingue a palavra “não”. Por isso, quando você afirma que não quer pensar ou falar sobre algo, já está pensando ou falando e assim desencadeia o processo que irá atrair aquilo que não quer para sua vida. “Tudo o que existe hoje no mundo físico foi desencadeado, primeiramente, em nossas mentes, através de um pensamento, uma ideia, uma intenção”, lembra Wallace Liimaa. “Nosso cérebro evoluiu neurologicamente dando mais atenção aos aspectos negativos da vida e por isso ele está sempre simulando situações negativas com o intuito de nos proteger. Acontece que como não fomos educados a treinar a mente para não embarcar nos pensamentos negativos e ressignificá-los, terminamos reforçando-os e fazendo com que a realidade que queremos evitar, termine acontecendo frequentemente nas nossas vidas. Por isso, procure treinar a mente para dar comandos positivos e assertivos para o seu cérebro. Aprenda a dizer o que quer de fato, para evitar ficar pensando e falando sobre o que não quer. Essa mudança de postura irá, por exemplo, evitar que você ao invés de dizer “não quero mais ficar sozinha”, diga, “quero encontrar uma pessoa especial para dividir com elas momentos felizes”. Isso irá fazer uma enorme diferença na sua vida e os bons resultados não demorarão a aparecer.

2 – Contaminar os sonhos e metas com emoções negativas do passado: Se os seus sonhos e metas te fazem lembrar de experiências negativas do passado que despertam em você emoções como o medo, raiva, insegurança, apego, controle ou ansiedade, possivelmente você tenderá a repetir as mesmas experiências negativas que viveu antes. Wallace explica que nosso cérebro vibra em diferentes frequências, dependendo da qualidade e intensidade dos nossos pensamentos e sentimentos associados ao que pensamos. De acordo com o especialista, quanto mais lembramos das experiências negativas do passado, mais convidamos as emoções de baixa vibração a comandarem o nosso corpo. São essas emoções que irão ativar o nosso subconsciente trazendo de volta a mesma química corporal, normalmente associada aos hormônios do estresse e as ondas cerebrais mais aceleradas, conhecidas como ondas Beta. Nesse estado, a mente analítica assume o controle e a pessoa tende a ser dominada por essas emoções, fazendo com que emita o mesmo sinal eletromagnético que emitiu no passado e que a levará a atrair as mesmas experiências negativas que havia vivenciado antes. Daí a importância de treinar a mente para observar os próprios pensamentos e buscar desacelerar as ondas cerebrais através de práticas como a meditação e o exercício diário da gratidão para que possa dar novos comandos conscientes ao cérebro e se desapegar das experiências negativas do passado. Quando o cérebro opera nas ondas alfa ou nas ondas theta, que são ondas mais lentas, a nossa criatividade aumenta e conseguimos nos conectar a novas possibilidades de criar uma nova realidade para nós sem a contaminação das emoções que dominaram as experiências do passado.

3 – Mudar de opinião conforme o ambiente social: Quando está sozinha você sonha com uma promoção no trabalho, faz planos de como atuaria se assumisse um cargo com maior responsabilidade, como seria a sua rotina mais criativa e mais emocionante. Porém, quando está com as amigas só fala mal do atual local de trabalho e diz que não vê a hora de mudar de ares e fazer aquele mochilão? Agindo desse jeito, você está enviando, simultaneamente, duas mensagens incoerentes para o Universo, pois uma fala do que você quer e a outra fala do que você não quer. Só que o fato de você viver reforçando o que não quer, faz com que você vibre nessa frequência e termine atraindo um novo trabalho com as mesmas condições que você vive hoje. É dessa maneira que as pessoas tendem a viver repetindo as suas experiências. Daí a importância de você falar sobre o que quer verdadeiramente e não sobre o que não quer. Muitas vezes é importante até que procuremos interiorizar aquilo que queremos, buscando expressar gratidão pela realização do seu objetivo para já ir treinando o corpo emocionalmente a vivenciar aquela realidade desejada. Na medida do possível, é até melhor não comentar sobre os seus desejos para evitar dispersar essa energia. E se quer comentar procure só fazer isso com aquelas pessoas que você tem certeza que vão se alegrar com a sua decisão e te dar forças para seguir em frente. Compartilhar nossos sonhos e expectativas com pessoas de baixa vibração, baixa a nossa energia e diminui a nossa motivação.

4 – Não acreditar na conquista: não se sentir merecedor daquilo que deseja ou acreditar que uma meta é inatingível também pode bloquear a manifestação daquilo que você deseja em sua vida. “Se você está em busca de um novo amor, mas acredita que jamais vai encontrar uma pessoa exatamente da maneira que sonha, você, mais uma vez está enviando duas mensagens e o que vai predominar é aquilo que você de fato acredita. A Lei da Atração opera em todos os instantes na nossa vida. Só que atraímos aquilo que de fato somos e que acreditamos. Por isso, é que suas crenças dominantes e suas percepções vão influenciar diretamente aquilo que você quer manifestar na sua vida. O especialista lembra que são quatro etapas fundamentais para colocar essa lei universal a seu favor. “Depois de mais de uma década revisando toda a literatura e colocando em prática experimentos com a Lei da Atração percebi quais eram os passos que eu tinha realizado todas as vezes que conseguia manifestar algo que desejava muito e quando não conseguia. As etapas são as seguintes: Nosso pensamento precisa estar alinhado a um sentimento elevado. Devemos expressar a gratidão, antecipadamente, pelo resultado obtido, e, depois, desapegar-se do resultado, sair do controle. E quando nos conectamos ao que queremos com o nosso cérebro operando nas frequências mais lentas, quando somos mais criativos e conseguimos estar no presente, criamos as condições ideais para a Lei da Atração agir favoravelmente nas nossas vidas. Juntas essas ações em cadeia criam uma metodologia poderosa capaz de nos colocar em contato direto com essa lei”, diz Wallace.

5- Ignorar o poder da mentalização: se você não mentaliza com foco e atenção naquilo que deseja está desperdiçando uma ferramenta poderosa para conquistar seus sonhos. “Nosso cérebro não sabe a diferença entre aquilo que imaginamos e aquilo que realmente vivemos”, explica Wallace. “Por isso, quanto mais detalhes você conseguir acrescentar à uma mentalização de um sonho ou uma meta, mais próxima de torná-la real você estará”. Fazendo isso você estará treinando seu corpo, emocionalmente, a viver naquele estado que você almeja. A prática é simples: se você deseja se mudar, por exemplo, reserve um tempo para imaginar-se em sua nova casa, pense em onde ela será, como será a decoração do ambiente, que cores estarão presentes, que cheiros você sentirá nesse lugar e, mais que isso, como você se sentirá e viverá nesse novo lar. Faça isso e depois agradeça pelo resultado obtido. O universo entenderá o recado. “Quando somos crianças fazemos essa prática de forma intuitiva, mas muitos de nós acabam se distanciando desse exercício com a maturidade”, lembra o especialista. “Quanto mais elementos você conseguir reunir nessa mentalização, confiando, agradecendo e desapegando-se do resultado, mais poderosa será a mensagem que você vai enviar ao universo”.

Se você ainda não está familiarizada com a técnica, pode dar uma mãozinha para a mente e procurar imagens reais – podem ser digitais ou recortes – daquilo que você deseja e criar um “mural das realizações” em um lugar que você visualize sempre.

6 – Não se colocar em ação: não é porque a Lei da Atração é uma lei universal capaz de concretizar aquilo que desejamos e sonhamos que não é preciso se colocar em ação para que ela funcione. “Se você deseja ter mais prosperidade, fazer um planejamento para evitar apuros financeiros é uma ótima ideia. Se você está em busca de um novo amor, jogue fora as coisas relacionadas ao antigo relacionamento, procure por histórias de amor inspiradoras, cuide melhor de você. Ou ainda se você busca uma melhor colocação profissional, coloque seu currículo à disposição nos sites especializados e vá em busca de networking, invista em novos conhecimentos, veja quem são os grandes experts na sua área e procure ver como operam e procure modelar o caminho que seguiram para ser o que são hoje”, sugere o especialista. “Chamo isso de nutrir os seus sonhos e metas. Essa etapa alinha pensamento, sentimento e ações para gerar uma conexão profunda com aquilo que você deseja. É um treinamento antecipado para já ir vivendo a realidade que você tanto almeja atingir. Com isso, o seu subconsciente irá dar comandos para que o seu cérebro emocional crie a química corporal associada a realidade que você pretende viver. O seu corpo funcionará como uma antena que constantemente estará emitindo o sinal associado à sua meta e muito provavelmente você estará se conectando a essa realidade que tanto almeja realizar”, explica Wallace.

7 – Querer estar no controle o tempo todo: por fim, para conseguir manifestar o que você deseja é preciso aprender a confiar nessa poderosa Lei Universal e sair do controle. “Querer estar no controle o tempo todo gera medo, insegurança e ansiedade que, como vimos, conecta o seu sonho aquilo que você não quer. “É preciso aprender a entregar e confiar!”, aponta. “Podemos conhecer o nosso grande amor em uma batida de carro, por exemplo, mas se estivermos focados apenas em encontrar essa pessoa dos nossos sonhos nos lugares que imaginamos que ela deveria estar, não vamos estar abertos as infinitas possibilidades que o Universo pode disponibilizar para nós para que esse encontro aconteça. Deixe-se surpreender!”. De acordo com o especialista, uma forma de mostrar ao Universo que você confia na conquista daquilo que deseja é agradecer, como se o seu sonho já tivesse sido realizado. A gratidão antecipada funciona como um amplificador, pois o nosso coração tenderá a amplificar o pensamento e gerar em torno de nós um poderoso campo eletromagnético contendo a informação daquilo que queremos de fato.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.