Tito vai à Baianópolis e intensifica trabalho em defesa da região

Deputado permanece próximo à população, ouvindo desejos e reclamações e contribuindo para a construção de uma política participativa

Em 29/07 de 2019

Durante o período de recesso parlamentar da Câmara dos Deputados, o deputado federal Tito (Avante/BA) tem visitado suas bases nos municípios da região conversando com as lideranças municipais para ouvir as demandas de cada local, traçar metas de atuação e planejar ações do mandato para o próximo semestre legislativo.

O parlamentar esteve no sábado (27), visitando o município de Baianópolis que comemora 57 anos de emancipação política.

Durante a visita, o parlamentar reencontrou amigos, conversou com a população e as lideranças sobre a atuação no Congresso Nacional e as principais ações do mandato.

“Estamos aqui em Baianópolis dialogando com nossas lideranças, verificando demandas locais e discutindo soluções junto à população, especialmente neste momento em que a população comemora os 57 anos de emancipação política do município”, destacou o deputado.

Tito que, junto aos correligionários presenciou dois eventos esportivos, um de motocross e um torneio de futebol, disse que o trabalho do parlamentar não se limita ao plenário e às comissões.

“Nosso trabalho transcende isso, temos a preocupação de manter o diálogo permanente com as comunidades e lideranças que nos ajudam a construir um mandato de resultados efetivos em favor de toda a população. Precisamos ir até os municípios, conhecer suas necessidades, para que posteriormente possamos pleitear verbas e ações junto aos governos federal e estadual”, finalizou Tito.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.