Sistema Viário Oeste é pauta de Comissão Especial da Alba

“O projeto beneficiará, aproximadamente, 10 milhões de pessoas, que vivem em cerca de 250 municípios”, explicou Antonio Henrique Júnior

Em 14/08 de 2019

Ascom Deputado Estadual Antonio Henrique Júnior (PP)

A Comissão Especial do Complexo Intermodal da FIOL, Porto Sul e Complexo Viário do Oeste, presidida pelo deputado Antonio Henrique Júnior, realizou, nesta quarta-feira (14), uma importante reunião para tratar do projeto Sistema Viário Oeste, que inclui a Ponte Salvador/Itaparica, com os parlamentares baianos.

A explanação sobre o novo vetor de desenvolvimento socioeconômico foi do diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia e coordenador do Projeto SVO, Dr. Paulo Henrique Almeida. Ele falou, detalhadamente, sobre as mudanças e atualizações em curso no projeto; forneceu detalhes sobre a estruturação de mecanismos de garantias e contatos com bancos nacionais e estrangeiros para o financiamento do projeto, além de outras questões primordiais como a preservação ambiental e expansão urbana – com estímulo às áreas de educação, saúde, segurança pública, turismo, agricultura, comércio e construção civil – nas Ilhas de Vera Cruz, Itaparica e municípios das regiões Centro-Oeste, Recôncavo Sul e Baixo Sul do Estado.

“Estamos atentos ao andamento desse projeto. Ele beneficiará, aproximadamente, 10 milhões de pessoas, que vivem em cerca de 250 municípios. Com a construção da ponte Salvador/Itaparica, e demais intervenções, será criado um anel viário regional conectando a nossa capital às principais rodovias do estado da Bahia” explicou Antonio Henrique Júnior.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.