Seminário realizado na ALBA discute Marco Legal do Saneamento

Parlamentares opinaram a respeito da medida provisória que pode abrir espaço para a privatização de empresas estatais atuantes no setor do saneamento

Em 21/05 de 2019

A Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) sediou, na tarde dessa segunda-feira (20), um seminário que tratou dos impactos da Medida Provisória 868/2018, que trata do Marco Legal do Saneamento no país. O Auditório ficou lotado com a presença maciça de representantes da classe trabalhadora que atua no setor de abastecimento de água e saneamento.

Na oportunidade, o ex-presidente da Embasa, Abelardo Filho, expôs aos presentes, informações sobre a MP que tem previsão para ser votada na Câmara dos Deputados nesta semana. O engenheiro frisou que há um contexto de ausência de políticas públicas e investimentos para o saneamento no país há cerca de 20 anos e, também mostrou pontos que considera negativos no texto que tramita no Congresso Nacional.

Para alguns parlamentares baianos, há cerca de 200 deputados em Brasília que ainda estão indecisos quanto ao voto, sendo estes o alvo escolhido para o convencimento a respeito do conteúdo.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.