Jusmari propõe criação de um comitê de sustentação do movimento em defesa das Universidades e Institutos Federais

“Esta iniciativa tem que partir daqui desta Casa, dos deputados federais e estaduais e também dos senadores para que não permitamos o desmonte das universidades baianas”

Em 14/05 de 2019

Em sua fala durante discurso realizado na Sessão Especial denominada ‘Ato de Defesa das Universidades Federais, Institutos Federais da Educação e Democracia’, a deputada Jusmari Oliveira (PSD) propôs que fosse criado um comitê de sustentação do movimento. De acordo com a parlamentar, a iniciativa tem que partir da Casa, dos deputados federais e estaduais e também dos senadores para que não se permita o desmonte das universidades baianas.

A deputada disse que esta é uma luta comum e que vai unir os brasileiros que não aceitam o sucateamento das universidades.

“Está aqui hoje comigo o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, que também veio prestigiar essa luta. Ele que foi deputado federal, fez parte da comissão parlamentar que aprovou a lei de criação da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e é um dos responsáveis pela implantação da Universidade.”

A reunião realizada na manhã da segunda-feira (13), contou com a participação de reitores de universidades federais das várias regiões da Bahia, além de deputados estaduais, federais, estudantes, representantes de entidades estudantes e diversas lideranças do setor educacional. O encontro pode ser considerado uma prévia para a manifestação em defesa das Universidades que acontecerá dia 15 de maio em todo o Brasil e reunirá representantes do setor da educação pública.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.