Governador eleito Rui Costa anuncia reforma administrativa

Correio da Bahia A estimativa é que as mudanças gerem uma economia de aproximadamente R$ 200 milhões por ano O governador eleito Rui Costa (PT) divulgará, nesta segunda-feira, 1º, a reforma administrativa que pretende realizar para iniciar seu governo a partir de 1º de janeiro de 2015. O  anúncio será feito às 14h30 na Governadoria […]

Em 01/12 de 2014

Correio da Bahia

A estimativa é que as mudanças gerem uma economia de aproximadamente R$ 200 milhões por ano

Governador eleito Rui Costa (PT) | Foto: Robson Mendes

Governador eleito Rui Costa (PT) | Foto: Robson Mendes

O governador eleito Rui Costa (PT) divulgará, nesta segunda-feira, 1º, a reforma administrativa que pretende realizar para iniciar seu governo a partir de 1º de janeiro de 2015. O  anúncio será feito às 14h30 na Governadoria do Estado, localizada no Centro Administrativo da Bahia.

Fontes ligadas ao novo governo afirmaram no domingo, 30, que a estimativa é que as mudanças gerem uma economia de aproximadamente R$ 200 milhões por ano. Rui pretende fazer a redução de secretarias, cargos públicos e também junção de órgãos estaduais.

Atualmente, o estado tem 27 secretarias. A partir do próximo ano serão só 23. Os nomes das pastas que serão extintas ainda não foram divulgados. Não está previsto para hoje o anúncio de nomes do secretariado do futuro governo.

A alteração das estrutura administrativa foi uma das promessas de Costa após ter sido eleito governador, em 5 de outubro. A expectativa  de Costa é enviar o projeto ao atual governador Jaques Wagner (PT) para que seja votado ainda esse ano pela atual legislatura e consequentemente entre em vigor no início do seu mandado.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.