Feminicídio e direitos da mulher serão debatidos nesta quinta-feira na Câmara Municipal de Barreiras

Debate será em Audiência Pública da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), proposta por Jusmari Oliveira

Em 08/10 de 2019

Ascom Deputada Jusmari Oliveira (PSD)

Pautada pela deputada Jusmari Oliveira (PSD), a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, presidida pela deputada Olívia Santana, se reúne nesta quinta-feira (10), às 19 horas, na Câmara Municipal de Barreiras, para debater temas importantes como o feminicídio, assédio sexual e todas as formas de violência contra a mulher.

Jusmari disse ter solicitado esta Audiência Pública para que a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher possa ouvir os relatos das mulheres da região Oeste sobre os graves problemas enfrentados por elas.

“A violência contra a mulher é uma tragédia que se instalou no Brasil inteiro. No Oeste Baiano a realidade não é diferente, sendo essa a razão dessa audiência pública que vamos realizar nesta quinta-feira”, disse a deputada.

A parlamentar afirmou que espera colher sugestões que possam servir de base para projetos de lei, indicações e encaminhamentos no sentido de ajudar a combater toda a violência contra a mulher.

“As mulheres estão avançando no mercado de trabalho, conquistando espaço em diversos setores da sociedade, mas ainda são vítimas de preconceito e violência e precisamos promover, de forma constante, a reflexão sobre este assunto”, afirmou.

Jusmari agradeceu a deputada Olívia Santana por atender a esta pauta de amplo interesse da sociedade oestina. A deputada também agradeceu ao presidente da Câmara, Eurico Queiroz, por não ter medido esforços no sentido de contribuir para a vinda da Comissão.

“É um presidente que vem fazendo um grande trabalho e tem se mostrado sempre atento às reivindicações dos moradores”.

Participarão da Audiência Pública, além das deputadas, vereadoras e vereadores, as entidades representativas das mulheres de Barreiras e da região Oeste.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.