Deputado Tito vota com o Governo pela redução dos Ministérios e pela continuidade do COAF no Ministério da Fazenda

O deputado está firme em suas decisões e mais uma vez vota com o Governo

Em 23/05 de 2019

Foi aprovada na noite dessa quarta-feira (22), na Câmara dos Deputados, a medida provisória nº 870, de autoria do Governo Federal, que reduziu de 29 para 22 o número de Ministérios, conforme desejo do Governo, após entendimento com o Presidente da Câmara e os Líderes Partidários.

O deputado Tito (Avante/BA) votou com o Governo, favoravelmente a matéria por entender que é do Poder Executivo a competência legal para definir a sua estrutura de Ministérios.

Ainda durante a votação, Tito, seguindo orientação do seu partido Avante, que em entendimento com outros líderes partidários, decidiram pela continuidade do órgão COAF no Ministério da Economia, sob o comando do Ministro Paulo Guedes.

O COAF é o órgão federal responsável por verificar as operações suspeitas ou atípicas e comunicar às autoridades competentes para instaurar os procedimentos e as investigações necessárias instruindo amplamente as ações de Governo.

“Sob a supervisão do Ministro Paulo Guedes, o órgão continuará fortalecido e terá condições de acompanhar as possíveis irregularidades financeiras, e assim deve ser feito”. Destacou Tito.

O deputado Tito afirma ainda que tem votado favoravelmente os projetos do Governo Federal, com muita transparência e convicção, com o desejo que o governo se encontre a cada dia para estabilizar a economia do País, garantindo assim, mais geração de emprego e renda para a população.

“Quero parabenizar o Ministro Paulo Guedes por seu trabalho, e dizer que ele conta com a nossa confiança e apoio”, finaliza Tito.

Abaixo o vídeo do pronunciamento do deputado:

4 comentários

Elica Jenes
Comentou em 23/05/19

Parabéns ao deputado Tito pela postura na sua convicçao qt a sua postura Constituinte de uma legalidade daquilo q é pertinente às decisoes como político de zelo pelo bem coletivo desta naçao em especial sua região nordestina.

Antonio
Comentou em 24/05/19

Redução de ministérios: Ok! agora, dizer que apoia a saída do COAF das mãos do Sérgio Moro, que tanto deseja pegar os colarinho branco sonegadores de impostos só porque outros políticos também apoia é a mesma coisa de estar agindo como gado e ainda apoiar a diminuição da força de atuação do Moro que está fazendo um bom trabalho até agora contra político e empresas corruptas.

Antonio
Comentou em 24/05/19

Se querem melhorar a economia do país, a reforma tem que começar pelo ministério da fazenda e da economia que já tem sob sua responsabilidade o ministro paulo guedes que pra finalizar não tem competência pra fiscalizar e muito menos julgar crimes financeiros..

José
Comentou em 25/05/19

Esse deputado tem um certo potencial, mas tá numa corrente podre e mesquinha que, historicamente, sempre oprimiu a massa popular. Ele, como dizem, não me representa!

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.