Deputado Tito defende reabertura do Armazém da CONAB de Santa Maria da Vitória, durante audiência na Comissão de Agricultura

O parlamentar manifestou o desejo da população santamariense pela permanência das atividades da Conab no Município

Em 10/09 de 2019

Ascom Deputado Tito (Avante/BA)

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural realizou nesta terça-feira (10), no Plenário 6 da Câmara Federal, uma audiência pública para debater o fechamento de unidades da rede de armazéns da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Durante a reunião, o deputado federal Tito (Avante/BA) fez uso da palavra para manifestar o descontentamento da população e a preocupação com o fechamento da unidade no município de Santa Maria da Vitória, no Oeste da Bahia.

De acordo com Tito, a região é uma grande produtora e tem no agronegócio seu carro-chefe na economia, e os impactos com o fim das atividades da companhia no município é preocupante. Ao utilizar o espaço para falar, o deputado pediu apoio no sentido de que a decisão seja revista para que não haja prejuízos ao setor primário.

” Manifesto aqui, não só a minha, mas também a preocupação de toda a população de Santa Maria da Vitória com a notícia do fechamento definitivo da Conab no Município. De modo que usaremos a força do nosso mandato para levar ao Presidente nossa inconformidade com essa decisão. Conhecida como grande polo agrícola, a região Oeste representa mais de 6% da produção de grãos de nosso país e tem ajudado a impulsionar o desenvolvimento da nação e, portanto considero inconcebível o fechamento da única unidade do local, haja vista os relevantes serviços prestados pela companhia tanto em Santa Maria da Vitória, como em todo o país”, declarou o parlamentar.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.