Cristovam Buarque cumprimenta Tito por pronunciamento na Câmara Federal

Aos 74 anos, Cristovam Buarque, afirma que continuará lutando por um Brasil democrático, menos desigual e que garanta educação de qualidade para todos

Em 08/02 de 2019

O ex-senador Cristovam Buarque, cumprimentou o deputado Tito pela honrosa homenagem prestada a ele no Plenário da Câmara, nessa quinta-feira (07). Cristovam, que está em viagem à França, afirmou que mora em Brasília e colocou-se à disposição de Tito na luta pela federalização da educação.

Tito disse que a homenagem feita a Cristovam Buarque é um reconhecimento à sua luta histórica que trava em favor da educação brasileira. Destacou ainda que é um grande militante e seu parceiro na luta por uma educação de qualidade para todos.

“Cristovam tem defendido com veemência a educação de qualidade no Brasil e por isso é fortemente conhecido por todo o povo brasileiro. Seu trabalho nos engrandece e nos fortalece a dar cada vez mais sustentação a essa nossa luta por uma educação igualitária para todos”, disse o deputado.

A proposta de federalização propõe a educação básica federal e em tempo integral. O objetivo, segundo o projeto de Cristovam, é garantir escola com a máxima qualidade, igualmente a qualquer criança brasileira, independente da família em que tenha nascido e na cidade onde viva.

Para o ex-senador, o país só poderá atingir uma qualidade mínima na educação básica se o Governo Federal puder atuar diretamente na redução das desigualdades, como no caso das escolas federais de educação básica, referência de modernização de equipamentos e remuneração dos seus professores.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.