Comissão da Fiol aprova audiência sobre ponte Salvador-Itaparica

O objetivo do deputado Antônio Henrique Jr., presidente da comissão e autor da proposta, é esclarecer as dúvidas dos parlamentares sobre o Sistema Viário Oeste – Ponte Salvador-Ilha de Itaparica, projeto que ele coordena

Em 08/08 de 2019

A Comissão Especial do Complexo Intermodal da Fiol, Porto Sul e Complexo Viário do Oeste, da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), aprovou na sessão desta quarta-feira (07) o convite para que o assessor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Paulo Henrique Almeida, participe do encontro do colegiado na próxima semana. O objetivo do deputado Antônio Henrique Jr. (PP), presidente da comissão e autor da proposta, é que Paulo Almeida esclareça as dúvidas dos parlamentares sobre o Sistema Viário Oeste – Ponte Salvador-Ilha de Itaparica, projeto que ele coordena.

Na sessão, Paulo Almeida deve falar sobre o traçado, a altura, o investimento entre outras características da ponte Salvador-Itaparica. “Será um excelente oportunidade para tirarmos todas as dúvidas a respeito desse projeto tão importante para o desenvolvimento do estado”, observou Antônio Henrique Jr.

De acordo com o projeto do governo, a ponte criará um novo vetor de desenvolvimento no estado, beneficiando 10 milhões de habitantes em cerca de 250 municípios. A expectativa é que, com a construção da ponte e demais intervenções viárias do projeto, Itaparica, o sul do Recôncavo e o Baixo Sul tenham o crescimento socioeconômico estimulado, como ocorreu no Litoral Norte após a construção da Estrada do Coco e da Linha Verde.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.