Comissão aprova requerimento da deputada Jusmari Oliveira sobre renegociação e desconto de dividas dos transportes complementares

Parlamentar reafirmou a sua preocupação com a situação dos profissionais do segmento, principalmente daqueles que cumprem a heroica missão de transportar pessoas em estradas de terra para povoados quase isolados

Em 07/11 de 2019

Ascom Deputada Jusmari Oliveira (PSD)

A deputada Jusmari Oliveira (PSD) alcançou uma vitória importante no processo de regularização dos transportes complementares da Bahia. Na manhã dessa quarta-feira (06) a Comissão Especial dos Transportes Complementares aprovou, por unanimidade, o requerimento da parlamentar que será enviado ao governador Rui Costa solicitando que seja pautado para votação na Assembleia Legislativa da Bahia, um projeto de refinanciamento, inclusive com descontos sobre multas, encargos e taxas dos donos de vans, micro ônibus, topics e veículos assemelhados – para que eles fiquem aptos a participarem de licitações públicas e possam viver com dignidade do trabalho que prestam à sociedade.

Jusmari reafirmou a sua preocupação com a situação dos profissionais dos transportes complementares, principalmente daqueles que cumprem a heroica missão de transportar pessoas em estradas de terra para povoados quase isolados.

“Esses profissionais merecem todo o nosso respeito e estamos ao lado deles nesta luta para que todos possam exercer a sua atividade dentro da legalidade. São estas condições que estamos buscando” disse Jusmari.

A parlamentar agradeceu o apoio irresoluto do deputado e líder da oposição na Casa, Targino Machado (DEM), que fez um discurso defendendo o requerimento. Ela estendeu os agradecimentos a todos da Comissão Especial dos Transportes Complementares que chancela a sua solicitação.

“Agora vamos aguardar que o governador Rui Costa (PT) atenda o nosso pedido e envie a proposta para a Assembleia para que possamos votar em defesa dos transportes complementares” frisou.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.