Audiência itinerante da ALBA em Barreiras discute violência contra mulher e políticas públicas para enfrentamento

Debates que contribuirão com a construção de um plano de combate à prática, aconteceram nessa quinta-feira na Câmara Municipal

Em 11/10 de 2019

A violência contra as mulheres e o feminicídio foram temas de discussão de uma audiência itinerante da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, realizada no Plenário da Câmara Legislativa de Barreiras na noite dessa quinta-feira (10). O encontro teve como objetivo abordar a forma como estão lidando na prevenção e combate aos crimes contra o público feminino.

Presidida pela deputada Olívia Santana, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a discussão atende requerimento da deputada Jusmari Oliveira (PSD) e contou com a presença de dezenas de ativistas de entidades femininas, autoridades e líderes políticas. A parlamentar agradeceu a deputada Olívia Santana por atender a esta pauta de amplo interesse da sociedade oestina, e também ao presidente da Câmara, vereador Eurico Queiroz, por não ter medido esforços no sentido de contribuir para a vinda da Comissão.

De acordo com Jusmari, as percepções e as estruturas de cada região são fundamentais para entender a complexidade desse enfrentamento, e que é necessário fomentar a reflexão, cobrar providências e conscientizar a sociedade sobre a não violência, além de debater os avanços e desafios da Lei Maria da Penha.

“Lamentavelmente mesmo com o aumento de políticas públicas de enfrentamento e erradicação, e a inserção do poder público em espaços outrora considerados como íntimos e privados, os índices de violência contra a mulher têm crescido no Estado e no País como um todo. Apesar de muitas serem as batalhas já vencidas, a cada dia as lutas se agigantam e precisamos juntos, reforçar a combatividade no enfrentamento desse fenômeno”, declarou a deputada.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.