Atendendo indicação de Jusmari, Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher se reúne em Barreiras

Objetivo é debater a violência contra a mulher, o respeito e a igualdade de gênero, o feminicídio, e buscar mecanismos de incentivo a independência emocional e financeira das mulheres

Em 12/09 de 2019

Ascom Depuada Jusmari Oliveira (PSD)

Por indicação da vice-presidente Jusmari Oliveira (PSD), a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, da Assembleia Legislativa da Bahia, vai se reunir em Barreiras, na Câmara Municipal, no dia 10 de outubro, às 19 horas. Segundo Jusmari, o objetivo é debater a violência contra a mulher, o respeito e a igualdade de gênero, o feminicídio, e buscar mecanismos de incentivo a independência emocional e financeira das mulheres.

A parlamentar diz que é preciso aprofundar a discussão pois as estatísticas mostram índices alarmantes de violência e feminicídio no Brasil. “Convidaremos todas as entidades representativas de defesa dos direitos da mulher, tais como: a Delegacia da Mulher, a Ronda Maria da Penha, as representantes do judiciário, as vereadores, as assistentes sociais, psicólogas, coletivos feministas das universidades, das escolas estaduais e municipais e os demais movimentos organizados, assim como pessoas interessadas em discutir este tema em busca de erradicar a violência contra a mulher” disse a deputada.

O convite também será estendido a todas as entidades das demais cidades do Oeste Baiano para que o debate tenha alcance regional e possa reunir o maior número de lideranças para refletir sobre este assunto. “É um tema extremamente importante e que vem chamando a atenção de especialistas no combate a violência em todo o Brasil. A nossa região precisa enfrentar este problema e o parlamento é o espaço ideal para que possamos buscar os caminhos para ampliação da participação da mulher nas diversas instâncias de poder para que ela possa exercer em plenitude a sua cidadania” frisou a deputada.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.