05/fevereiro/2015- Atualizado em 05/02/2015 15:01:41

Peritos em papiloscopia comemoram aniversário elevando a produção científica e a resoluções de crimes

Alberto Durão – Perito Técnico de Polícia

Marcel Engrácio, Presidente do SINDPEP

Marcel Engrácio, Presidente do SINDPEP

O decreto nº 52.871, de 20 de Novembro de 1963, instituiu 05/02 como o dia Nacional do Papiloscopista, profissional ligado às polícias civis ou federal com competência para identificar pessoas e atender às mais diversas demandas da sociedade, tanto na elaboração de documentos como no combate ao crime.

Os peritos papiloscopistas têm demonstrado resultados relevantes para a sociedade brasileira. São profissionais com formação em nível superior, especialistas em identificação humana através do estudo das papilas dérmicas, treinados e habilitados para identificar suspeitos em crimes, identificar cadáveres nos mais diversos estados post morten, elaborar as carteiras de identidade dos brasileiros e construir o banco de dados com as características dos indivíduos. Além dessas responsabilidades, ainda desenvolvem trabalhos científicos e estudos no campo da Representação Facial Humana, campo pericial que abrange os retratos falados, reprodução facial, projeção de idade e de disfarces, incluindo também as perícias prosopográficas, um dos estudos da face dos indivíduos.

Estudos de impressões para a elaboração da carteira de identidade

Estudos de impressões para a elaboração da carteira de identidade

Combate a crimes de falsidade ideológica em concursos públicos

Combate a crimes de falsidade ideológica em concursos públicos

São inúmeras as intervenções dos Papiloscopistas no estado da Bahia e no Brasil, trazendo mais segurança e eficiência às investigações policiais. Na Bahia, lotados no Departamento de Polícia Técnica, os Peritos Técnicos da Polícia Civil têm contribuído em determinações de autorias delitivas em roubos a bancos, assaltos a carros forte, homicídios e crimes contra o patrimônio em geral. Nacionalmente, foram responsáveis pela identificação de autores do assalto ao banco Central em Fortaleza, pelo estudo cadavérico nas vítimas dos acidentes de aviões, como o da Gol no Mato Grosso, TAM em São Paulo e do Air France no oceano Atlântico, atuaram decisivamente nas enchentes da região Serrana do Rio e na determinação da identidade do corpo da inglesa Cara Burke, assassinada e esquartejada pelo seu namorado Mohammed
D’áli.

Papiloscopista Federal investigando impressões digitais em cenas de crime

Papiloscopista Federal investigando impressões digitais em cenas de crime

Comparação de impressões de suspeitos

Comparação de impressões de suspeitos

Intervenção no Acidente do avião GOL

Intervenção no Acidente do avião GOL

Peritos analisando digitais em veículo

Peritos analisando digitais em veículo

Segundo o presidente do Sindpep (Sindicato dos Peritos Técnicos do estado da Bahia), o Perito Marcel Engrácio, a Bahia passa por um momento de transformação, pois a cada dia os especialistas recebem treinamentos e qualificação nos segmentos de perícia papiloscópica. A cada semestre, o Sindpep capacita cerca de 50 peritos para atender às mais diversas ocorrências, contribuindo para o combate ao crime e a contenção da escalada de violência. Ainda segundo o perito, os peritos papiloscopistas lutam por reconhecimento, independência e autonomia em suas perícias, uma vez que não foram citados explicitamente na lei 12.030/09, o que acaba gerando uma série de obstáculos para o exercício pleno da profissão no estado e nas outras unidades da federação. “Nessa data, peritos Papiloscopistas comemoram o aumento significativo dos laudos desenvolvidos por esses profissionais e o reconhecimento cada vez mais expressivo da sua importância no inquérito policial”.

Tags:

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

3 Comentários

  1. Jeandson disse:

    Ola, bela matéria. Parabéns peritos papilocospistas.

  2. Wenniton disse:

    Parabéns!! Essa ciência é fantástica, é preciso dar uma maior ênfase e consequentemente maior reconhecimento dessa classe de Peritos que fazem a diferença!

  3. Rafael disse:

    Parabéns ao site pela excelente matéria. Parabéns também aos peritos papiloscopistas do Brasil por desempenharem uma função de uma relevância social indiscutível que, infelizmente, às vezes é deixada de lado.

Deixe o seu comentário!