09/maio/2019- Atualizado em 09/05/2019 18:18:40

Deputado Tito denuncia medidas impostas pela ANAC à indústria nacional de aviação

Parlamentar considera o setor estratégico para o desenvolvimento e crescimento do país

Em seu pronunciamento durante Sessão Plenária nesta quinta-feira (09), o deputado federal Tito (Avante/BA) fez uso da Tribuna para denunciar às reiteradas medidas impostas pela Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC, em detrimento da comunidade aeronáutica nacional, tais como as escolas de formação de pilotos, aeródromos, aeroportos particulares e construtores de aeronaves.

Tito afirma que a instituição vem adotando medidas absurdas, desconectas com a realidade das necessidades operacionais destas atividades, interferindo diretamente no mercado de pequenas aeronaves e na formação de pilotos.

Reitera o deputado que num país com dimensões continentais como o Brasil, faz-se necessário a ampliação da aviação geral para substituir a falta das linhas comerciais domésticas.

“Desta forma é impossível imaginar o desenvolvimento da agricultura, da indústria e outros vários segmentos fundamentais para o desenvolvimento e crescimento do nosso país”, afirmou.

O deputado afirma ainda que as arbitrariedades da ANAC e desrespeito às normas e princípios constitucionais ao fiscalizar e julgar, chegou ao absurdo de inviabilizar o funcionamento de 44 pequenas fábricas de aeronaves por todo o Brasil, sendo proibidas de exercerem suas atividades e, outras 38 escolas de formação de pilotos tiveram os seus serviços completamente paralisados, até o momento, por medidas estritamente burocráticas.

O parlamentar reforçou que a bancada de deputados federais baianos estará no próximo dia 14 em audiência com o Diretor da Anac para tratar deste tema e dos voos regionais na Bahia.

Ao final, Tito solicitou a atenção e providências do ministro da Ciência e Tecnologia, Tenente Coronel Marcos Pontes, e do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Tarcísio Gomes de Freitas, para que medidas urgentes sejam tomadas e assim evitar a extinção da indústria nacional de aviação e das necessárias escolas de formação de pilotos, o que resultará em grande prejuízo para toda nação brasileira.

Veja o discurso do deputado no vídeo abaixo

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!