FASB ministra oficina de produção audiovisual em povoado de Angical

Hebert Regis | Nádia Borges | Araticum Os professores da rede municipal de ensino do povoado de Missão do Aricobé, em Angical, no oeste da Bahia, participaram no último sábado (8) da abertura das atividades da Oficina de Produção Audiovisual, promovida pelo curso de Produção Audiovisual da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB). Durante três […]

Em 11/08 de 2015

Hebert Regis | Nádia Borges | Araticum

FASB-ministra-oficina-01Os professores da rede municipal de ensino do povoado de Missão do Aricobé, em Angical, no oeste da Bahia, participaram no último sábado (8) da abertura das atividades da Oficina de Produção Audiovisual, promovida pelo curso de Produção Audiovisual da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB). Durante três sábados seguidos, os profissionais de educação da localidade vão aprender os princípios da montagem e edição de vídeo além de conhecer um pouco sobre roteiro, figurino e direção de arte.

Para o professor de português, João Plácido Filho, a oficina acontece em momento oportuno devido à cobrança de novos métodos de ensino com uma linguagem mais aplicada às novas mídias. “Essa oportunidade vai proporcionar um incentivo maior aos professores que podem usar a ferramenta do vídeo em atividades na sala de aula”, afirma.

O professor do curso, José Carlos, acredita que o primeiro encontro foi suficiente para sentir a empolgação e a satisfação dos professores para aprenderem mais sobre a produção audiovisual. “A participação gerou uma energia a mais e isso é importante para o rendimento dos conteúdos aplicados durante o primeiro módulo do curso”. A Oficina de Produção Audiovisual é uma parceria entre a FASB e a Secretaria de Educação de Angical.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.