Embasa orienta moradores de Baianópolis sobre início de abastecimento em povoado

Os moradores do loteamento Alto da Bela Vista, em Baianópolis, no oeste da Bahia, participaram, no dia 1º de novembro, de uma última reunião de orientação com os técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) antes do início do fornecimento de água tratada na localidade. Foram destacados aspectos ligados ao início da operação, […]

Em 18/11 de 2013
Reunião de orientação da Embasa em Baianópolis

Reunião de orientação da Embasa em Baianópolis

Os moradores do loteamento Alto da Bela Vista, em Baianópolis, no oeste da Bahia, participaram, no dia 1º de novembro, de uma última reunião de orientação com os técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) antes do início do fornecimento de água tratada na localidade. Foram destacados aspectos ligados ao início da operação, consumo racional e dúvidas relacionadas à tarifa e à conta de água. Serão implantadas cerca de 100 novas ligações de água.

A moradora Balbina da Cruz Santos, 69, está ansiosa para receber água de qualidade em casa. “Tenho proibição médica de beber a água salobra e sem tratamento e tenho que ir comprar no centro da cidade”. Balbina mora no lotemaento, que fica a cerca de 10 quilômetros do centro da sede municipal. Ela conseguiu tirar as dúvidas relacionadas principalmente à conta de água. “Vamos ter que economizar e usar só o necessário, mas a mudança é para melhor”, anima-se.

No ano passado, os moradores se mobilizaram, por meio de um abaixo assinado, para mostrar o desejo da localidade de substituir a água fornecida sem tratamento pela prefeitura por água tratada. O gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade, explica que este é um importante momento para a localidade. “Existe uma queixa do gosto da água fornecida por um poço da antiga rede de abastecimento. A partir de agora, está muito melhor para a população”, afirma.

A localidade Alto da Bela Vista, em Baianópolis, vai passar a receber água do sistema implantado, em 2010, pelo Governo do Estado, por meio do programa Água para Todos. O investimento foi de cerca de R$ 4 milhões e beneficia cerca de 7,5 mil pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embasa Unidade Regional de Barreiras (UNB)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.