Buritirama decreta condição de emergência

Com o decreto de emergência, a prefeitura pode requisitar apoio de carros-pipa, além de fazer contratações sem licitação, com fins de atenuar os prejuízos causados pela estiagem

Em 27/06 de 2019

Imagem destaque: Praça de Eventos, centro de Buritirama | Foto: Irom Marques| Reprodução Buritirama uma foto por dia

O município de Buritirama teve o decreto de emergência por estiagem reconhecido pelo Estado. Nesta quinta-feira (27), a cidade da Bacia do Rio Grande teve a condição homologada. Segundo a medida, o decreto tem duração de 180 dias, contados a partir de 27 de maio, quando foi determinado pela prefeitura da cidade. De acordo com a Defesa Civil do Estado, a população afetada pela estiagem em Buritirama chega a 71,3%, ou 13,9 mil dos 19,6 mil moradores.

Com o decreto de emergência, a prefeitura pode requisitar apoio de carros-pipa, além de fazer contratações sem licitação, com fins de atenuar os prejuízos causados pela estiagem.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.