Espanha: 4 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas e um ligeiro aumento de contágios

A variação de crescimento dos casos diagnosticados dia-a-dia segue diminuindo

Em 27/05 de 2020

Sandra Cristina | Correspondente na Espanha

O coronavírus está sendo o principal protagonista do ano 2020. Desde seu aparecimento na China, em novembro de 2019, mostrou sua alta taxa de contágios e chegou por algo mais de dois meses na Europa, sendo a Espanha e a Itália, os dois países mais afetados por um vírus altamente contagioso e que passou de epidemia à pandemia, segundo reconheceu a organização Mundial de Saúde. O número oficial desta quarta-feira (27) sobe para 27.118, o que supõe uma morte a mais do que ontem. O dado de mortos é de 39 nos últimos 7 dias, dos quais 4 deles nas últimas 24 horas.

O Ministério da Saúde não está informando os casos registrados por dia, somente um balanço dos últimos 7 dias. Os positivos por PCR sim, seguem informados por dia: houve 231 nas últimas horas, um ligeiro aumento comparados aos 194 de ontem, num total de 236.769 contagiados.

A situação hoje na Espanha

Espanha é o quinto país do mundo com mais casos detectados, atrás de Estados Unidos, Brasil, Rússia e Reino Unido. Em 31 de janeiro se confirmou o primeiro positivo em solo espanhol, mas foi a partir de março que os diagnósticos começaram a aumentar de forma exponencial.

A estabilização dos casos confirmados levou o Governo a apresentar um plano por fases para a saída do confinamento no passado 29 de Abril. Cuja ‘desescalada’ começou a aplicar em meia Espanha no dia 11 de maio. Os 53% da população espanhola se encontra na fase 1, enquanto que o resto já conseguiu avançar para a fase 2.

Outro sinal positivo é que a variação de crescimento dos casos diagnosticados dia a dia segue diminuindo. Em um mês e meio passou de um crescimento dia de mais de 42% a menos de 1%, ainda que os dados oferecidos até agora estão sendo retificados pelo Ministério da Saúde ao levar a cabo uma nova maneira de avaliar as cifras de cada região.

Todas as comunidades autônomas, além de Ceuta e Melila, registram casos de pessoas contaminadas. Madrid segue sendo a comunidade mais afetada da Espanha, com mais de 71 mil positivos e quase 8.700 mortos, seguida por Cataluña que supera os 57 mil contagiados e acumula quase 5.600 mortos. Ainda que a situação não é igual em toda a Espanha, já que a enfermidade corre a uma velocidade distinta em cada lugar, caiu quase ao mínimo os ingressos no serviços de urgência por Covid-19.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.