Várias famílias perdem desconto na conta de luz

Correio24h Famílias com cadastro desatualizado perdem desconto na conta de luz ainda neste mês O benefício, que concede descontos de até 65% na conta de luz, atinge cerca de 288 mil consumidores somente na Bahia As famílias de todo o Brasil que possuírem desconto na conta de energia devem prestar atenção na sua situação perante […]

Em 06/05 de 2015

Correio24h

Famílias com cadastro desatualizado perdem desconto na conta de luz ainda neste mês
O benefício, que concede descontos de até 65% na conta de luz, atinge cerca de 288 mil consumidores somente na Bahia

Famílias com cadastro desatualizado perdem desconto na conta de luz ainda neste mês | Foto: Arquivo Correio
Famílias com cadastro desatualizado perdem desconto na conta de luz ainda neste mês | Foto: Arquivo Correio

As famílias de todo o Brasil que possuírem desconto na conta de energia devem prestar atenção na sua situação perante o provedor de energia na sua cidade. Neste mês de maio, quem estiver com o cadastro desatualizado da Tarifa Social há mais de dois anos vai pagar mais caro.

O benefício, que concede descontos de até 65% na conta de luz, atinge cerca de 288 mil consumidores somente na Bahia. Em Salvador, 55 mil famílias são beneficiadas. Caso deseje atualizar o cadastro, a Coelba orienta que os clientes procure a Prefeitura dos seus municípios para regularizar as informações, e em seguida procurar um dos canais de atendimento da prestadora  – agências, rede Coelba Serviços, site www.coelba.com.br ou teleatendimento 0800 071 0800).

Ao atualizar o cadastro, o titular do benefício deve apresentar um documento com foto, CPF e pelo menos um documentos de todas as pessoas da família. Também é importante levar o comprovante de residência, matrícula escolar das crianças e número de telefone para contato. No caso de clientes indígenas, será possível apresentar também o RANI (Registro Administrativo de Nascimento Indígena).

Os clientes que apresentam algum tipo de pendência foram notificados através de correspondência entre novembro de 2014 e janeiro de 2015. A renovação e validação dos dados cadastrais das famílias que possuem o benefício são obrigatórias conforme a Resolução Normativa 572/2013 da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel.

Cabe às concessionárias de energia de todo o Brasil confirmar se os números de NIS (Número de Identificação Social) e BPC (Benefício de Prestação Continuada), essenciais à concessão do benefício, estão ativos na base de dados do Ministério do Desenvolvimento Social.

Além disso, o recadastramento irá verificar se os consumidores atendem aos demais pré-requisitos estabelecidos pelo Governo Federal para manutenção da Tarifa Social de Energia.  Os consumidores também podem obter mais informações por meio da central de teleatendimento 0800 071 0800 ou site www.coelba.com.br.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.