Adolescente de 14 anos confessa ter matado menina de 13 com canivete

Correio24h O adolescente confessou o crime e disse que o motivo foi a “raiva” que estava da vítima Um adolescente de 14 anos confessou que matou uma menina de 13 em Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá. Ele foi apreendido na noite de terça-feira (28), em casa, e já teve pedido de internação aceito […]

Em 30/07 de 2015

Correio24h

O adolescente confessou o crime e disse que o motivo foi a “raiva” que estava da vítima

Adolescente foi achada morta em lago | Foto: Acervo Pessoal

Adolescente foi achada morta em lago | Foto: Acervo Pessoal

Um adolescente de 14 anos confessou que matou uma menina de 13 em Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá. Ele foi apreendido na noite de terça-feira (28), em casa, e já teve pedido de internação aceito pela Justiça.

O adolescente confessou o crime e disse que o motivo foi a “raiva” que estava da vítima, Danielly Batista da Silva, que teria sido o motivo do fim de um relacionamento dele com outra garota. Danielly foi morta com um canivete e teve o corpo encontrado em um lago no dia 15 deste mês.

A polícia acredita que o suspeito e a vítima se envolveram e, depois disso, ele contou o caso a outras pessoas. A história chegou aos ouvidos da namorada do adolescente, que não gostou e terminou o relacionamento.

Irritado e achando que o fim tinha sido causado por Danielly, o menor a chamou até uma região de mata, perto do lado da cidade. Ele então a golpeou com um canivete no pescoço. Tentando fugir do adolescente, Danielly caiu no lago, onde acabou morrendo.

A mãe de Danielly disse ao G1 que ficou surpresa com o desfecho do caso. “Nunca imaginei que isso poderia acontecer. Minha filha era amiga da irmã dele (suspeito) e os três sempre estavam juntos na frente da minha casa”, afirmou Ângela Batista da Silva. “Não entendo o porquê de tanta raiva. Hoje em dia não dá para confiar em mais ninguém. Mais do que a justiça, o que eu mais gostaria é de ter a minha filha de volta”.

Contradições
A polícia no entanto aponta algumas contradições ainda a serem esclarecidas sobre o caso.A perícia encontrou um projétil no pescoço da vítima. Também foi apontado nos exames que Danielly já estaria morta quando caiu, ou foi jogada, no lago, pois não foi encontrada água no pulmão da garota.

O adolescente negou ter usado arma de fogo no crime. Nenhum revólver ou arma similar foi encontrado perto do local onde Danielly foi morta, somente o canivete. A polícia apura se outras pessoas se envolveram no caso.

O menor vai responder por ato infracional análogo ao homicídio, sendo encaminhado a um espaço socioeducativo.

1 comentário

Dewa
Comentou em 17/10/15

For a long time Vancouver has been split in several sntoices in regards to blogging. There’s the professionals, the originals, the diary bloggers, techies and newsies – to name a few. They usually come together at annual conferences, BarCamps, DemoCamps, and Official Vancouver Blogger Meetups once a month but those attendees are but a segment of the actual blogger population in Vancouver. Not one of them could tell you who “Tony Pierce” is or what a “blogstock” is… and I bet to the other people the name “Scoble” even means nothing.Some bloggers are completely anonymous but that doesn’t mean they’re any less a part of the “community”.I myself only became a part of the community a few years ago even though I’ve been blogging for much longer. As for the word “community” it can mean actual people who get together on a scheduled basis to talk social media… or it could be your reader-base and commenters that keep you going.There’s people who have done it for years, those who just started, people who do it for attention and those who do it for a living – we’re all a part of this medium, in our own right, and we all have our reasons for doing it.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.