Técnicos da ADAB participam de encontro sobre defesa sanitária animal

Fiscais estaduais agropecuários e médicos veterinários participam, desde a última segunda-feira (14), até amanhã (17), do 1° Seminário de Defesa Sanitária Animal, que acontece em Santo Amaro. O encontro visa promover a atualização de conhecimento dos cerca de 80 profissionais da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria de Agricultura, quanto a […]

Em 16/10 de 2013

teste-interno2Fiscais estaduais agropecuários e médicos veterinários participam, desde a última segunda-feira (14), até amanhã (17), do 1° Seminário de Defesa Sanitária Animal, que acontece em Santo Amaro. O encontro visa promover a atualização de conhecimento dos cerca de 80 profissionais da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria de Agricultura, quanto a portarias, instruções normativas e procedimentos técnicos nas principais ações dos programas sanitários.

Representando a Superintendência Federal do Ministério de Agricultura (SFA/BA), Altair de Oliveira afirmou que eventos como este são importantes para disseminar novas informações. “Um bom exemplo para demonstrar a circulação de informações relevantes durante eventos como este, são as medidas adotadas após a detecção do caso de Mormo na Bahia e as estratégias para a segunda etapa de vacinação contra a Febre Aftosa, que se inicia em novembro. Gostaria de desejar um bom trabalho a todos, pois sei da qualidade técnica e eficiência desta equipe aqui presente”, incentivou o ex-diretor.

O atual diretor-geral, Paulo Emílio Torres, fez pronunciamento em nome do Secretário de Agricultura, Eduardo Salles e destacou a importância da atualização de conhecimentos para o desenvolvimento da atividade. “Lembrei agora de uma leitura que dizia que a atividade do médico veterinário nasceu no Brasil em função do Mormo. Hoje estamos frente a esta doença no nosso estado e a história se repete”, acrescentou Torres, em seu discurso de abertura orientado pela expertise do ex-diretor Lyra, que buscou incessantemente mitigar todas as doenças no Estado.

Diversas palestras e debates com convidados de outros estados , além da discussão sobre o Programa de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa estão acontecendo durante o encontro. O chefe do Serviço de Sanidade Animal da Superintendência Federal de Agricultura, o fiscal federal agropecuário Élvio Cazola, explicou sobre a emergência sanitária diante do foco de Febre Aftosa no Mato Grosso do Sul. Também foi palestrante, o Inspetor Regional do Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso do Sul (Iagro), o médico veterinário Carlos Piva.

Amanhã (17) os temas abordados serão sobre os Programas de Sanidade Equídea e Sanidade Avícola.

Entrega de veículos oficiais

A Adab entregou simbolicamente durante a abertura oficial do encontro, 17 novos veículos para fortalecer as ações de defesa agropecuária no Estado. Os carros serão distribuídos entre as coordenadorias regionais da Adab, para as ações na 2ª etapa/2013 da campanha de vacinação contra aftosa e fiscalização de trânsito.

“Tudo isso é resultado de um esforço em conjunto, envolvendo equipes compromissadas com a nossa premissa de cuidar e zelar pelo patrimônio agropecuário da Bahia e deve ser utilizado em sua plenitude para a melhoria das atividades de defesa na Bahia”, finalizou o diretor Administrativo e Financeiro, Adolfo Cavalcante. A entrega é fruto de um convênio entre o Governo do Estado e o Ministério da Agricultura, por meio da Superintendência Federal da Agricultura na Bahia (MAPA/SFA-BA).

Participaram da abertura do evento, o diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres, os diretores de defesa sanitária animal, Rui Leal, de defesa sanitária vegetal, Armando Sá, de inspeção de produtos agropecuários, Adriano Bouzas, além do diretor administrativo e financeiro, Adolfo Cavalcante. O encontro também reuniu dois dos ex-diretores, Altair de Oliveira e José Alberto Lyra – primeiro diretor-geral da Adab -, e o representante do Conselho Regional de Medicina Veterinária, Geraldo Torres.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.