Kelly participa de discussão sobre serviço de telefonia móvel na Bahia

Por: Angela Natsumi Na manhã de terça-feira (3), a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTI) da Câmara Federal realizou uma mesa-redonda sobre “A Qualidade dos Serviços de Telefonia Móvel do Estado da Bahia”, na Assembleia Legislativa da Bahia. A deputada Kelly Magalhães (PCdoB) participou do encontrou e defendeu a necessidade de cobrar […]

Em 04/12 de 2013

Por: Angela Natsumi

01Na manhã de terça-feira (3), a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTI) da Câmara Federal realizou uma mesa-redonda sobre “A Qualidade dos Serviços de Telefonia Móvel do Estado da Bahia”, na Assembleia Legislativa da Bahia.

A deputada Kelly Magalhães (PCdoB) participou do encontrou e defendeu a necessidade de cobrar das operadoras um serviço de qualidade e a expansão da rede, principalmente para os distritos mais distantes, que acabam ficando no isolamento. “Eu defendo a CPI da Telefonia na Bahia. Os lucros das empresas são altíssimos. É preciso que elas garantam qualidade do serviço e que assumam a responsabilidade de atender as pequenas comunidades que merecem e mais precisam”, disse.

Kelly ainda destaca que o sinal da telefonia móvel em quase toda a região oeste é de péssima qualidade. Pela distância da capital e dos grandes centros urbanos, muitos municípios da região não contam com o serviço.

Segundo o boletim do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), a telefonia fixa e celular lideram as reclamações de consumidores em todo o Brasil. Em 2012, foram registradas mais de 172 mil queixas.

Participaram do evento, representantes da CCTI, do Ministério das Comunicações, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e das operadoras de telefonia Claro, Vivo, TIM e Oi.

1 comentário

Guiomar da Silva Freire Neta
Comentou em 04/12/13

Concordo com o que a deputada disse. Infelizmente nós aqui do oeste da Bahia, no meu caso Angical, sofremos muito com o péssimo serviço prestado pelas operadoras.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.