Waguinho alerta sobre acusações forjadas contra a ADUD e afirma que a denominação está prevenida

Após a prisão e condenação de Marcos Pereira por estupro, a liderança da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) tem sido exercida por um grupo de pessoas que acompanhavam o pastor nas decisões cotidianas. Um desses líderes, o cantor Waguinho, gravou um vídeo demonstrando preocupação com eventuais armações contra a ADUD. “Eu queria pedir […]

Em 01/10 de 2013

teste-internoApós a prisão e condenação de Marcos Pereira por estupro, a liderança da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) tem sido exercida por um grupo de pessoas que acompanhavam o pastor nas decisões cotidianas.

Um desses líderes, o cantor Waguinho, gravou um vídeo demonstrando preocupação com eventuais armações contra a ADUD.

“Eu queria pedir a você que ore por nós. Por estarmos em um local público (uma igreja, um centro de recuperação), onde entram várias pessoas por dia, a qualquer momento, podemos ter aqui, alguém tentando colocar uma arma ou algum tipo de droga aqui dentro, para fazer mais uma acusação leviana contra esta igreja, os membros desta igreja e contra o nosso pastor”, disse Waguinho.

No vídeo, publicado no canal da ADUD no Youtube, o ex-pagodeiro afirma também que o trabalho da denominação tem alcançado e feito diferença na vida de muitas pessoas, como ele próprio, e diz que as acusações contra o pastor Marcos Pereira não devem ser tomadas como verdadeiras.

Fonte: Gospel Mais

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.