Primeira Santa do Brasil será baiana

Quem é Irmã Dulce, que será proclamada santa pelo Vaticano?

Em 14/05 de 2019

O site oficial de notícias do Vaticano anunciou nesta terça (14), que Irmã Dulce será declarada santa após o reconhecimento oficial da Igreja Católica de um segundo milagre intercedido pela baiana, que morreu em 1992 aos 77 anos. Ela será a segunda brasileira canonizada pelo Vaticano, e a primeira nascida em território nacional. Santa Paulina, que é considerada a primeira santa brasileira, nasceu na Itália.

Nascida Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, Irmã Dulce, já tinha sido declarada beata pelo papa Bento 16 em 2011 após a Igreja reconhecer um milagre que teria sido intermediado por ela em Sergipe. Para ser canonizado, um beato ou beata teriam de ter reconhecido um segundo milagre pelo Vaticano. Para isso, são necessárias algumas condições, como a falta de explicação científica para o fato e seu acontecimento imediatamente após a oração.

O Vaticano analisava três graças que fiéis dizem ter sido concedidas por intercessão da Irmã Dulce, mas não divulgou ainda qual deles foi reconhecido como milagre.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.