ONG cristã deve lançar o maior navio-hospital do mundo

Por: Leiliane Roberta Lopes A instituição já tem um navio que viaja prestando atendimento médico para populações carentes em mais de 70 países do mundo O grupo Mercy Ships, uma organização não governamental (ONG) com bases cristãs, está planejando construir um navio-hospital para prestar atendimento médico em diversos países do mundo. O grupo liderado por […]

Em 06/01 de 2014

Por: Leiliane Roberta Lopes

A instituição já tem um navio que viaja prestando atendimento médico para populações carentes em mais de 70 países do mundo

ONG cristã deve lançar o maior navio-hospital do mundo
ONG cristã deve lançar o maior navio-hospital do mundo

O grupo Mercy Ships, uma organização não governamental (ONG) com bases cristãs, está planejando construir um navio-hospital para prestar atendimento médico em diversos países do mundo.

O grupo liderado por Donald K. Stephens já tem um navio que viaja atendendo enfermos com consultas e cirurgias e a ideia é construir um navio ainda maior para dobrar a capacidade de atendimentos.

“Através deste segundo navio, nosso objetivo é duplicar a esperança e a cura por meio de cirurgias que transformam vidas, oferecidas para pessoas com pouco acesso a cuidados de saúde especializados, aumentando a parceria de formação e apoio educacional dos profissionais de saúde dentro de países em desenvolvimento”, disse Stephens.

O Mercy Ships está firmando parcerias com empresas da construção naval da Ásia e da Europa para poder construir esse navio que será erguido em um estaleiro dentro do porto de Tianjin Xingang, na China.

A expectativa é que o novo navio seja inaugurado em 2017 com 174 metros de extensão. A empresa responsável pelo projeto será a Deltamarin, uma companhia finlandesa conhecida por arquitetar a segunda versão do barco Titanic.

A origem da ONG tem ligações com JOCUM (Jovens com uma Missão), já que Donald era missionário quando fundou a Mercy Ships, em 1978, com a meta de expandir o ministério de missões cristãs.

Em seus 25 primeiros anos a instituição esteve ligada ao JOCUM, mas ao focar no atendimento médico, que precisa de auxílio financeiro diante das doações milionárias, o grupo se desligou e passou a ser administrado separadamente.

Hoje a ONG presta atendimento para necessitados de mais de 70 países do mundo com atendimento médico, suprimentos, materiais de construção, projetos de desenvolvimento e treinamento e muitos outros serviços. Com informações Christian Post.

Fonte: Gospel Prime

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.