Líder do PSC acredita que o pastor Marco Feliciano pode ser o “Tiririca de 2014″, diz jornalista

Por: Dan Martins A crescente popularidade alcançada pelo deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) está levando os dirigentes de seu partido a acreditarem que ele poderá ser o “Tiririca de 2014”, conquistando um grande número de votos para o partido e, dessa forma, ajudando a eleger um número maior de candidatos da legenda. A comparação, […]

Em 14/11 de 2013

Por: Dan Martins

-01A crescente popularidade alcançada pelo deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) está levando os dirigentes de seu partido a acreditarem que ele poderá ser o “Tiririca de 2014”, conquistando um grande número de votos para o partido e, dessa forma, ajudando a eleger um número maior de candidatos da legenda.

A comparação, feita pelo jornalista Ricardo Mendonça, da Folha de S.Paulo, deve-se ao fato de que em 2010 Tiririca (PR-SP) foi o candidato a deputado mais votado em todo o país, com 1,35 milhão de votos. Com essa votação, Tiririca ajudou a eleger outros três deputados de sua coligação.

Nas últimas eleições nacionais o PSC de São Paulo elegeu dois deputados federais; porém, os líderes da legenda esperam que no pleito de 2014 Feliciano conquiste mais de 1,2 milhão de votos, o que seria suficiente para aumentar para cinco o número de cadeiras do PSC-SP.

“Feliciano virou um pop star. É o deputado mais citado do país, acho que é o cantor evangélico que mais tem CDs rodando por aí e já deve ser o mais procurado [por candidatos a deputado estadual] para fazer dobradinhas”, afirmou o presidente do diretório regional da sigla, Gilberto Nascimento.

Apesar do entusiasmo demonstrado pelos líderes de seu partido Feliciano, que estrela os anúncios publicitários que o PSC começou a divulgar na TV há alguns dias atrás, se apresenta menos confiante em uma votação tá expressiva, mas comenta sobre o aumento de sua popularidade desde que assumiu a presidência Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

“Não acredito nesse número alto, espero o suficiente mais um”, afirma Feliciano, que em seguida destaca que, apesar de afirmar que não acredita em uma votação tão significativa, sua força política cresceu devido às polêmicas nas quais esteve envolvido.

“A mídia acabou me colocando em destaque e o efeito esperado foi o contrário: acharam que eu iria morrer politicamente, mas agora eu venho com força”, completa o parlamentar.

Fonte: Gospel Mais

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.