Associação de Pastores Evangélicos do Oeste Baiano torna-se de Utilidade Pública

Lei de autoria do vereador Marcos Reis (PSDB), foi aprovada por unanimidade

Em 05/12 de 2019

Ascom Câmara

A sessão ordinária da terça-feira (03), realizada pela Câmara de Vereadores de Barreiras, Oeste da Bahia, contou com a presença de pastores que acompanharam a votação do projeto de Lei nº 055/2019, de 05 de junho de 2019, de autoria do vereador Marcos Reis (PSDB). A proposta, aprovada por unanimidade tornou de Utilidade Pública a Associação de Pastores Evangélicos do Oeste Baiano.

A APEOB foi fundada no mês de agosto de 1997 com a finalidade de promover a integração dos pastores e das igrejas da região, cooperar com os associados nas atividades de caráter social, religioso e esportivo, e quando solicitada, defender os interesses do povo evangélico perante à sociedade e autoridades constituídas. Hoje, vinte e dois Ministérios são filiados à Associação.

Com o Título de Utilidade Pública, a Associação de Pastores está apta para receber recursos oriundos do Poder Executivo Municipal e de empresas privadas, e com isto, terá condições de ampliar o trabalho social que desenvolve há vinte e dois anos em Barreiras, e pode também aumentar o número de Ministérios filiados no Oeste Baiano.

Dentre os presentes à sessão estavam Carlos Brito – presidente da APEOB, e os pastores, Odair Pimentel, Ivonete Donato e Meyrelys Rodrigues. Para eles, o Título de Utilidade Pública já era almejado há muito tempo.

“Esperamos por isso há mais de vinte anos. Vários presidentes passaram e a Associação não teve a oportunidade de se tornar de Utilidade Pública, Título necessário para ampliação e o fortalecimento da Associação”, disse o pastor Odair Pimentel.

Para o vereador Marcos Reis a aprovação do projeto é muito importante.

“Há mais de quinze anos faço parte da Associação dos pastores, antes como pastor e agora como apoiador. Para mim é uma honra poder apresentar esta propositura em reconhecimento ao trabalho que esta entidade vem realizando ao longo desses anos em prol do evangelho de Jesus Cristo”, disse.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.