17/janeiro/2019- Atualizado em 17/01/2019 9:17:12

Moradora de Barreiras, finalista do concurso Deusa do Ébano do Ilê, Larissa diz que concurso é a realização de um sonho

No dia 16 de fevereiro, 15 candidatas irão disputar o título de “Deusa do Ébano 2019”, em Salvador. Considerado o maior concurso de beleza negra do país, a festa irá eleger pela 40ª vez a Rainha do Ilê Aiyê, bloco carnavalesco com mais de 40 anos de história.

No último sábado (12), o bloco divulgou o nome das 15 finalistas que concorrerão ao título. Entre as finalistas, uma se destaca: Larissa Martins, soteropolitana, mas moradora de Barreiras, conseguiu a quinta colocação e está confiante para a etapa final do maior concurso de beleza negra do país.

Em entrevista ao Falabarreiras, Larissa contou que, para ela, estar entre as finalistas do concurso que escolhe a Deusa do Ébano, significa a validação da existência, da história e da representatividade do negro, e a realização de um sonho. “Sempre quis ser a Deusa do Ébano do Ilê Aiyê, e agora estou muito perto de chegar lá e representar a força da mulher negra e da cultura afrodescendente no Carnaval da Bahia”, diz Larissa que, além de participar de concursos de beleza, é também ativista e militante pelo empoderamento da mulher negra e da cultura de matriz africana.

A finalista, que ganhou o concurso de Rainha do Carnaval de Barreiras em 2018, conta que já disputou outro concurso em 2017, aos 18 anos e conseguiu o 3º lugar no Muzenza, outro bloco afro do carnaval de Salvador. Larissa ressaltou ainda que está muito feliz e que, para ela, é uma grande responsabilidade representar a cidade e todas as mulheres negras. A Deusa do Ébano desfila com destaque durante todo o Carnaval, representa o Ilê Aiyê em eventos sociais e integra sua comitiva em viagens e turnês dentro e fora do Brasil.

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!