Antônio Henrique Júnior incentiva criadora do Aqualuz

Projeto tem grande apelo socioambiental, podendo significar a independência de acesso à água potável para famílias que vivem em áreas rurais

Em 10/07 de 2019

Anna Luísa Santos é uma jovem biotecnóloga, de 21 anos, graduada pela Universidade Federal da Bahia. Ela é criadora de um equipamento capaz de transformar a vida de milhares de pessoas que vivem em regiões que costumam sofrer com os efeitos da estiagem. Trata-se do Aqualuz, um dispositivo capaz de desinfectar e purificar água estocada em cisterna, sem a utilização de compostos químicos, sem precisar de manutenção externa ou energia elétrica, usando apenas a radiação solar.

A tecnologia já foi premiada na competição HackBrazil, realizada na cidade de Boston (EUA) e também ficou entre as finalistas da premiação Jovens Campeões da Terra, promovida pela ONU Meio Ambiente. Nessa terça-feira (9/7), Anna Luísa foi apresentada pelo deputado Antonio Henrique Júnior (PP) ao vice-governador e secretário desenvolvimento econômico da Bahia, João Leão, na expectativa de que ela consiga apoio governamental para a produção do equipamento em larga escala.

Segundo o parlamentar, o Aqualuz está sendo enviado para uma avaliação detalhada do CEPED – Centro de Pesquisas e Desenvolvimento, órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, pois ele acredita que toda boa ideia seja sempre valorizada. E esse projeto tem um grande apelo socioambiental, podendo significar a independência de acesso à água potável para as famílias que vivem em áreas rurais.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.