Livro aborda o racismo pelo viés da psicologia

O livro busca abordar e refletir sobre o racismo no Brasil através de uma perspectiva psicológica com temas delicados da população negra, que são pouco discutidos e, infelizmente, normalizados pela sociedade

Em 18/11 de 2019

Joyce Nogueira | Agência Drumond

Abordar e refletir sobre o racismo no Brasil através de uma perspectiva psicológica. Essa é a proposta do livro “A psicologia e a essência da negritude”, de autoria das psicólogas Livia Marques e Ellen Moraes.

A obra trata de temas delicados da população negra, que são pouco discutidos e, infelizmente, normalizados pela sociedade. Com o objetivo de promover um diálogo e instigar o leitor à reflexão. A ideia é também tornar o assunto mais próximo da sociedade, mostrando que há profissionais interessados, engajados e preparados para ouvir, principalmente, aqueles que sofrem com isso.

Para as autoras, a obra traz para o leitor uma abordagem psicológica de forma “descolonizada” sobre o racismo no país. “Falamos da infância, da adolescência e do ‘tornar-se negro’ sem rodeios e apontamentos. Queremos abrir um canal de comunicação para sociedade antirracista e mais disposta para dialogar”, comenta Livia.

Para as autoras, as produções de conteúdo estão surgindo. Mas ainda são muito pouco divulgadas. Por isso, a obra surge para lidar com essa problemática que é tão pouco discutida e que merece um olhar atento e sensível. “Esperamos poder ajudar e incentivar cada vez mais pessoas a se comunicarem, além de servir de inspiração para as próximas gerações”, diz Ellen.

Livia Marques e Ellen Senra, coautoras do livro “A psicologia e a essência da negritude”

Clique aqui para adquirir o livro ao preço de R$ 39,00, ou pelo Instagram das autoras Lívia Marques e Ellen Moraes.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.