Policlínica Municipal terá Posto Eleitoral para cadastramento da biometria, a partir da próxima segunda-feira

O novo posto estará funcionando na Policlínica Municipal e atenderá a demanda livre

Em 29/11 de 2019

Ascom | Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

O Cartório Eleitoral de Luís Eduardo Magalhães em parceria com a Prefeitura Municipal inaugura na próxima segunda-feira (02), às 8h30, mais um posto eleitoral no município. O novo posto estará funcionando na Policlínica Municipal e atenderá a demanda livre, sem a necessidade de que o eleitor realize o agendamento para cadastrar a sua biometria.

O chefe do cartório eleitoral, Edilson Paulo Lima dos Santos, lembra que o cadastramento da biometria é obrigatório e que cerca de 12.000 mil eleitores em Luís Eduardo Magalhães ainda não realizaram o procedimento.

“O cadastramento vai até o dia 18 de fevereiro de 2020, mas é importante que as pessoas não deixem para realizar a sua biometria nos últimos dias e corram o risco de não conseguirem uma senha. Hoje os nossos pontos estão tranquilos e sem filas”, alertou Edilson.

Além do novo posto na Policlínica Municipal, também foi instalado um no Ponto Cidadão, localizado ao lado da secretaria de Trabalho e Assistência Social. Nesses dois pontos, o atendimento acontece por ordem de chegada. Já no Cartório Eleitoral de Luís Eduardo Magalhães, os eleitores estão sendo atendidos mediante agendamento prévio no site do TRE ou então pelos telefones 0800 071 6505 e (71) 3373 7223. Sendo que este último também é WhatsApp.

No dia do cadastramento o eleitor precisa apresentar um documento oficial com foto em bom estado e um comprovante de residência. Procedimentos como requerimento de primeiro título, transferência de domicílio eleitoral e correção de dados no título eleitoral também estão sendo feitos por meio do agendamento.

Deve realizar o cadastramento das digitais todo eleitor ativo que ainda não fez o procedimento junto ao cartório eleitoral. Os eleitores que não são ativos, como as pessoas idosas, mas que desejam votar na próxima eleição, também precisam cadastrar a biometria. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral as consequências para quem não realizar o procedimento da biometria são sérias. Além de ter o título de eleitor cancelado, o CPF também poderá ser suspenso pela Receita Federal.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.