Novos agentes de endemias de Luís Eduardo Magalhães são capacitados para o exercício de suas funções

Os novos agentes receberam orientações sobre as doenças de Chagas, Leishmaniose, Dengue, Zika Vírus e Chikungunya

Em 07/02 de 2020

Ascom | Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Vinte agentes de combate de endemias (ACE), aprovados no processo seletivo de 2019 e convocados no último mês de janeiro pela Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães, participaram entre os dias 03 à 06 de fevereiro, de uma capacitação ministrada pelas equipes dos Núcleos de Endemias e de Educação Permanente em Saúde (NEPS) do município.

Os novos agentes receberam orientações teóricas sobre as doenças de Chagas, Leishmaniose, Dengue, Zika Vírus e Chikungunya e treinamento prático de técnicas de identificação e localização de criadouros, incluindo visitas de inspeção domiciliar e de como proceder no relacionamento com as pessoas, nas visitas que realizarão periodicamente.

Para o secretário de Saúde, Felipe Melhem, a convocação destes profissionais é mais um reforço no trabalho de combate a endemias na cidade, em especial da Dengue.

“Essa capacitação possibilitou que os novos agentes de endemias do nosso município desempenhem um trabalho com ainda mais qualidade, focando principalmente na conscientização da população, no que cada morador pode contribuir no processo de prevenção das endemias”, comentou Melhem.

A gerente de Vigilância Epidemiológica, Cristina Barreto, lembrou que no próximo dia 10 de fevereiro, inicia o primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) deste ano no município e que os novos agentes já irão participar do trabalho.

“Nossos agentes estão treinados e capacitados para desempenharem o seu papel com eficiência junto aos moradores. Eles passaram por aulas teóricas e práticas e já estão prontos para realizar as operações de campo”, comentou Barreto.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.