LEM: Correntistas do Banco do Brasil podem pagar IPTU através de plataformas digitais

Clientes do BB já podem pagar o IPTU sem a necessidade de boleto ou qualquer documento e o valor é debitado em conta corrente

Em 12/06 de 2019

Com informações Ascom LEM

Uma parceria entre o Governo de Luís Eduardo Magalhães e o Banco do Brasil está facilitando a vida do contribuinte que precisa pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e é correntista da instituição financeira. Os clientes já podem pagar o IPTU sem a necessidade de boleto ou qualquer documento e o valor é debitado em conta corrente.

Os contribuintes ainda podem parcelar o pagamento do exercício 2019 do IPTU. Quem ainda não começou a pagar o imposto pode quitar, pagando à vista. Quem preferir, tem a opção de pagar as duas parcelas vencidas e parcelar o restante em até seis vezes.

O IPTU é um imposto anual e o valor arrecadado é aplicado em obras de infraestrutura, saúde, educação e segurança. O pagamento é obrigatório e quem não quitar a dívida pode ser incluído na dívida ativa do município, além de ser inscrito em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e SERASA. Quem desejar outras informações deve se dirigir ao setor de Tributos da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, que fica na rua José Ramos de Anchieta, bairro Jardim Primavera, no prédio do antigo Supermercado Hortifruti.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.