Vitórias e Conquistas!

Não importa em que época da vida as alcancemos. Mesmo que as tenhamos depois de muitas derrotas e decepções. Também faz parte de nossas vidas esquecer. Que talvez tenhamos as duas por causa de alguém. Força e apoio de outra pessoa. Alguns até fazem questão de dizer que nada devo. Que nada foi importante. Mas […]

Em 12/12 de 2013

01

Não importa em que época da vida as alcancemos.
Mesmo que as tenhamos depois de muitas derrotas e decepções.
Também faz parte de nossas vidas esquecer.
Que talvez tenhamos as duas por causa de alguém.
Força e apoio de outra pessoa.
Alguns até fazem questão de dizer que nada devo.
Que nada foi importante.
Mas o mais gostoso é vermos de longe que fomos alguma pedra na construção.
Que talvez alguém termine um ano com novos alicerces para um novo.
Que possamos ser deletados ou apagados da memória.
Se soubermos saborear as vitórias e conquistas de alguém, teremos as nossas.
E ninguém precisa nos dizer.
Se fizemos a nossa parte estará tudo bem.
Se nos colocarem em débito, tudo bem.
Saibamos de nossos créditos, sem cobrar.
Vitórias e Conquistas!
Não são fáceis!
Mas também não difíceis!
E não importa a época da vida!
Porque elas sempre vêm!
Subir ao pódio e receber o troféu, não faz parte do mecânico.
Mas do piloto.
Receber a medalha é para um.
Um diploma também.
Alguns até dividem e outros não.
Mas como o ser humano sabe ser ingrato, nada a declarar.
E muito menos a reclamar.
Porque na verdade, são apenas vitórias e conquistas.
O resto foram degraus.
Que usamos para subir.
Conquistar.
Vencer.
Em qualquer momento de nossas vidas.
Tivemos tantas curvas em nossas estradas.
Tantas paisagens em nossas retinas.
Tantos voos e nossa viagem.
Tantas amizades em nossa vida.
Mas nada disto deve ter valor.
O premio é nosso.
E não pecamos por isso.
Porque somos humanos, e nosso ser traz essa imagem na bagagem.
Só nossa.
Porque apesar dos outros, nós vencemos.
Conquistamos.
Ninguém sacrificou nada mais do que nós.
E isto, o premio de hoje não nos deixa lembrar o passado.
E não estaremos sendo egoístas.
Apenas únicos.
Porque nós conseguimos.
Nós alcançamos.
Vitórias e Conquistas!
E ponto final!

Antonio Jorge Rettenmaier,
Escritor, Cronista e Palestrante. Esta coluna está em mais de noventa jornais impressos e eletrônicos no Brasil e exterior. Contatos com o autor, ajrs010@gmail.com.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.