A volta do Falcão Negro

O CTFA com apoio da Federação Baiana de Boxe realizou no dia 10 agosto, a 4ª etapa do Circuito Baiano Boxe de Rua. A competição aconteceu na Praça Landulfo Alves em Barreiras. No evento foi disputado também, o título baiano de box peso pena, entre o Cabo Box e Thier. A etapa do CTFA de […]

Em 25/09 de 2013

O CTFA com apoio da Federação Baiana de Boxe realizou no dia 10 agosto, a 4ª etapa do Circuito Baiano Boxe de Rua. A competição aconteceu na Praça Landulfo Alves em Barreiras. No evento foi disputado também, o título baiano de box peso pena, entre o Cabo Box e Thier.

A etapa do CTFA de Boxe serviu de preparação para os atletas Falcão Negro e Léu Santos da classe elite, visando o campeonato de Boxe, na disputa do título das América (Mercosul). Jorge Falcão natural de Salvador é conhecido internacionalmente como Falcão Negro. O atleta que já havia pendurado as luvas de boxe, está de volta aos ringues. Falcão coleciona quatro títulos que foram conquistados ao longo de seis anos de carreira, dentre eles estão o de Campeão Baiano, Brasileiro, Sul-americano e Campeão Internacional. Segundo ele, agora se prepara para disputar o Título da Américas.

Residente em Barreiras, o atleta baiano da categoria peso médio ligeiro, se dedica aos treinos para esta nova disputa e ainda treina seus alunos para competições. Na academia que leva o peso do nome Falcão Negro, ensina boxe e aero boxe, sendo o aero box uma modalidade implantada por ele mesmo, com movimentos do boxe com trabalho aeróbico ritmado geralmente usado durante o treinamento dos lutadores.

O atleta comenta a falta de incentivo por meio dos grandes empresários barreirenses, recebe ajuda apenas dos pequenos. Falcão fala ainda da importância da prática do esporte como forma de desviar os jovens do mundo da marginalidade. Ajudar entidades carentes de alguma forma é uma prática constante de Falcão.

Fonte: Jornal Gazeta do Oeste

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.