12/janeiro/2019- Atualizado em 12/01/2019 10:29:37

Em entrevista, advogado afirma que há “grileiros de carteirinha” no oeste baiano

Adenilson Nunes/BNews

Um caso de grilagem de terra em Formosa do Rio Preto, no oeste baiano, se arrasta na Justiça há quase 30 anos e teve a primeira sentença em primeiro grau no último mês de dezembro. Na sentença, a juíza Marivalda Moutinho dá legitimidade ao senhor José Valter Dias na propriedade da Fazenda São José, que tem área de mais de 300 mil hectares.

O advogado João Novaes, que defende Dias em segunda instância, concedeu entrevista ao BNews e explicou como o imbróglio começou. Segundo o defensor, há, no oeste baiano, “grileiros de carteirinha”.

Confira a entrevista:

Fonte: Bnews

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!