SINDSEMB faz duras acusações à gestão de Antônio Henrique e a cidade já fala em impeachment

Acorda “Governo do Trabalho” A população pode tirar seu “Trabalho” Em nota o Sindsem anunciou o seguinte: O “Governo do Trabalho” novamente provou que suas atitudes com o servidor público são baseadas na falta de respeito e consideração. O Sindsemb tem construído suas ações na busca do diálogo e da negociação. A mesma atitude não […]

Em 24/09 de 2013

Acorda “Governo do Trabalho” A população pode tirar seu “Trabalho”

Em nota o Sindsem anunciou o seguinte:

O “Governo do Trabalho” novamente provou que suas atitudes com o servidor público são baseadas na falta de respeito e consideração.

O Sindsemb tem construído suas ações na busca do diálogo e da negociação. A mesma atitude não é praticada pelo poder público municipal. O Prefeito em exercício, Paê Barbosa, após ter marcado uma audiência com os servidores se negou a receber o sindicato alegando não ter conhecimento das questões financeiras do município. O gestor em exercício parecer ter esquecido que a sua história política partidária foi construída através dos movimentos sociais e das lutas sindicais.
Mais uma vez o “Governo do Trabalho” só tem dado aos servidores muito TRABALHO.

Trabalho para receber os seus salários…..
Trabalho para pagar as contas em dia…….
Trabalho para ter seus direitos reconhecidos……
Trabalho para pagar advogados em defesa do assédio moral e das perseguições………
Acorda PT! Acorda PP! A população pode tirar o seu “trabalho”

Sindicato dos Serv. Municipais de Barreiras – SINDSEMB

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.