Recuperação do asfalto em áreas onde houve intervenção nas redes da Embasa será feita por empresa especializada

O contrato com a empresa especializada em recuperação de pavimento asfáltico visa zerar o acúmulo de ordens de serviço com prazo de execução em atraso

Em 05/06 de 2019

Na última quarta-feira (29), na rotatória da Av. Antônio Carlos Magalhães (ACM), próximo ao Morubixaba, a empresa contratada pela Embasa para executar, exclusivamente, serviços de pavimentação asfáltica, iniciou sua atuação nos trechos onde houve intervenção para reparos ou instalação de ligações de água e esgoto. O contrato com a empresa foi a forma encontrada pela Embasa para sanar a deficiência na qualidade da prestação deste serviço pela atual contratada, responsável pela manutenção em redes e ramais.

De acordo com o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade, no último ano, a recomposição do pavimento asfáltico vem sendo um gargalo na operação do serviço em Barreiras. O contrato com a empresa é temporário (90 dias) e visa zerar o acúmulo de ordens de serviço com prazo de execução em atraso.

Seguindo acordo fechado com o município de Barreiras, a Embasa vem comunicando à secretaria de Infraestrutura sobre as intervenções a serem executadas em pavimentação recentemente recuperada pela Prefeitura e priorizando as intervenções, nas redes de água e esgoto, em ruas que ainda não passaram por recuperação do asfalto. O acordo também determina que, em caso de novas ligações, os usuários devem solicitar autorização da Prefeitura para que a Embasa possa realizar as escavações e implantar o ramal de água.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.