Professor de Barreiras aponta contradições na campanha eleitoral de Zito

Ele alega que muitas realizações, relatadas pelo candidato, na educação municipal, não são condizentes com a realidade

Em 19/10 de 2020

Uma das bandeiras que o atual prefeito e candidato a reeleição de Barreiras Zito Barbosa (DEM) tem defendido durante sua campanha eleitoral é a educação. De acordo com Zito, em sua gestão foram realizados investimentos na Educação que transformaram a rede pública municipal de ensino. Mas não é isso que relatam os professores, que tem reclamado das afirmações realizadas durante essa campanha.

O professor Airon Pereira Pinto foi um dos que apontaram as contradições da campanha de Zito. Ele alega que muitas realizações relatadas pelo candidato não são condizentes com a realidade.

Contradições na campanha de Zito

Um dos pontos defendidos pelo prefeito é que, no município, o salário dos professores tem valores acima do piso nacional, sem perda de direitos adquiridos. Porém, segundo Airon, os salários já apresentavam valores acima do piso em função de uma conquista da categoria, adquirida antes da posse de Zito como prefeito.

Além disso, Airon chamou a atenção para o fato de que a atual gestão não repassou o percentual que era disponibilizado pelo Governo Federal. Isso só ocorreu meses depois, sendo que o valor repassado não retroagia a janeiro.

O professor ainda ressaltou que, diferentemente do que afirma o prefeito, houve sim perda de direitos trabalhistas, e fez referência aos Projetos de Lei 09 e 10, que alterou e revogou direitos, até então previstos na legislação municipal de Barreiras, não apenas dos professores, mas de todos os servidores públicos municipais.

“Perda de Direitos sim, pois quem não se lembra da maldita frase: “… deixar de ganhar não é perder”? Com os projetos 09 e 10?”, comentou Airon. A presidente do Sindicato dos Professores de Barreiras também já relatou que a perda dos direitos trabalhistas é um problema que revela a desvalorização dos servidores da educação da cidade.

Durante a campanha, o candidato a reeleição também alegou que as escolas municipais foram requalificadas e reequipadas, o que proporcionou um ambiente de trabalho dignificado, em unidades da sede e do campo. Porém, o professor afirmou que muitas escolas ainda não possuem laboratórios de informática, mesas, bibliotecas, laboratórios de ciências ou equipamento de climatização e que, por isso, não passaram por nenhum tipo de requalificação.

Outro ponto contraditório, de acordo com Airon, diz respeito à suposta utilização de sistema informatizado na rede municipal de ensino. Segundo o candidato, foi disponibilizado o chamado Educa Barreiras NET, com aplicativos e portal interativo de acesso para professores, alunos e famílias.

Porém, Airon questiona: “Se é verdadeira essa informação, por que os professores estão tendo que se reinventar e fazer investimentos de seu bolso para tornar as aulas realidades agora na Pandemia? Sem que a SEC (Secretaria da Educação) faça nenhuma formação e/ou treinamento para tal realidade?”

Todos os pontos apontados anteriormente pelo professor amplificam a indignação dos professores e servidores da educação municipal com a atual gestão municipal e com as afirmações de campanha, que segundo eles, não correspondem à realidade.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 01
Falabarreiras Notícias 02
Falabarreiras Notícias 20

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.