Na Assembleia, comissão da FIOL recebe secretário da Casa Civil

O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, foi o convidado da audiência pública que a Comissão Especial da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) realizou nessa quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador. Integrante da comissão, o deputado Antonio Henrique Júnior acompanhou o debate e ressaltou o esforço do governo baiano para tocar as […]

Em 21/09 de 2017

O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, foi o convidado da audiência pública que a Comissão Especial da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) realizou nessa quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador. Integrante da comissão, o deputado Antonio Henrique Júnior acompanhou o debate e ressaltou o esforço do governo baiano para tocar as obras.

Na reunião, coordenada pela deputada Ivana Bastos, presidente da comissão, o secretário apresentou aos deputados, deputadas e participantes da audiência um panorama sobre as obras da ferrovia, do Porto Sul e da Ponte Salvador-Itaparica, além de esclarecer pontos sobre o memorando assinado pelo governador Rui Costa com o governo e empresas chinesas na última viagem que ele realizou ao país oriental.

“Essas três obras tem um imenso potencial para mudar a realidade do desenvolvimento em muitas regiões do estado, principalmente a nossa região oeste. Além de encurtar caminhos e facilitar o acesso à capita, por meio da ponte, a ferrovia e o porto se tornarão as principais vias de escoamento da produção agrícola do oeste baiano, a principal do estado e uma das maiores do país”, afirmou o deputado, elogiando o esforço do governador Rui Costa e o vice-governador João Leão.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Antonio Henrique Júnior (PP)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.