Em Barreiras, o Mães pela Diversidade mostra a que veio e conquista participantes da primeira reunião no município

Próximo evento agendado para o dia 06 de dezembro

Em 11/11 de 2019

Ascom/Mães pela Diversidade Oeste Baiano

No dia 09 de novembro às 17h ocorreu em Barreiras, na Doce Terapia, a primeira reunião do Mães pela Diversidade no município de Barreiras, com a presença de mães, membros da comunidade LGBTQI+ e aliados cisgênero, marcando assim o primeiro acolhimento no município.

A reunião se deu como uma conversa agradável, onde todas tiveram a oportunidade de ficar à vontade para falarem sobre si mesmas, suas vidas, seus filhxs que são membros da comunidade LGBTQI+ e como foi se descobrirem “mães de arco-íris”. Em um círculo, todas dividiram suas experiências, alegrias, orgulhos, mas também as angústias, e o medo de que seus filhxs um dia sejam vítimas da violência crescente, gerada pelo preconceito. Cada mãe ali presente com sua peculiaridade: Há aquelas que sempre souberam da orientação sexual de seus filhxs, há aquelas que descobriram com o passar do tempo, há aquelas que ainda tentam entender mais sobre esse universo, mas todas com algo em comum: um grande amor e orgulho.

E fora com base nesse amor que estas mães concordaram em fazer parte da Associação, que já possui planos concretos no município de Barreiras, com próximo evento agendado para o dia 06 de dezembro, onde espera-se a presença de ainda mais mães, assim como de pais, filhxs, membros da comunidade LGBTQ+, e aliados que simpatizem e tenham consciência da importância dessa causa, e desejam lutar por ela.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.