Designado relator do projeto que cria o Estado do Rio São Francisco na Comissão de Finanças e Tributação

O presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, deputado João Magalhães (MG), designou, nesta quinta-feira (24), o deputado Manoel Júnior (PB), integrante da comissão, para relatar o Projeto de Decreto Legislativo 355/2011, de autoria do deputado Oziel Oliveira (PDT-BA), que dispõe sobre a realização de um plebiscito para que a população […]

Em 26/10 de 2013

01-testeO presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, deputado João Magalhães (MG), designou, nesta quinta-feira (24), o deputado Manoel Júnior (PB), integrante da comissão, para relatar o Projeto de Decreto Legislativo 355/2011, de autoria do deputado Oziel Oliveira (PDT-BA), que dispõe sobre a realização de um plebiscito para que a população do estado da Bahia decida sobre a criação do Estado do Rio São Francisco.

Para o deputado Oziel Oliveira, o relator da CFT é presidente da Frente Parlamentar pela Criação de Novos Municípios, portanto, um defensor da criação de novas regiões para alavancar o desenvolvimento do País. “Precisamos dá celeridade na tramitação desse projeto, a população das cidades envolvidas anseia pela criação do novo estado. Vou procurar o deputado Manoel Junior pra pedir urgência na entrega do seu parecer. Precisamos levar ainda mais o desenvolvimento para essa região do nosso estado”, disse Oziel Oliveira.

Se o projeto for aprovado pela CFT, ele seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça, antes de ir ao plenário.

Fonte: Assessoria de Imprensa

1 comentário

Arlem Assis
Comentou em 07/11/13

Este projeto de criação do Estado do São Francisco não interessa ao povo, pois, exclui completamente seus interesses, porem, a classe politica enxerga o oportunismo pela manutenção do poder.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.