Contratados da Saúde em Barreiras estão sem receber salário de janeiro, Prefeitura alega ter pago

Osmar Ribeiro As denúncias dão conta de que os contratados da Saúde estão sem receber o salário de janeiro, que as unidades de saúde estão sem segurança, sem limpeza, que os funcionários estão recebendo ameças de usuários, que a Central de Marcação não tem em disponibilidade várias especialidades, que a maioria das unidades de saúde […]

Em 14/02 de 2017

Osmar Ribeiro

Contratados-da-Saude-em-Barreiras-estao-sem-receber-salario-de-janeiro,-Prefeitura-alega-que-ter-pago-01As denúncias dão conta de que os contratados da Saúde estão sem receber o salário de janeiro, que as unidades de saúde estão sem segurança, sem limpeza, que os funcionários estão recebendo ameças de usuários, que a Central de Marcação não tem em disponibilidade várias especialidades, que a maioria das unidades de saúde não tem profissionais como técnicos, enfermeiros, médicos etc…

Após recebermos essas denúncias e pedidos de ajuda para resolver o impasse entre os contratados da Saúde pela Prefeitura Municipal de Barreiras, buscamos informações junto à Secretaria de Saúde, na pessoa do seu Secretário Francisco (Tiê), mas segundo sua secretária, Sra. Catiúscia, o secretário só falaria através da Diretoria de Comunicação da Prefeitura (Dircom), que nos enviou, por e-mail alguns esclarecimentos.

Funcionários contratados alegam que, até o momento, estão sem receber o salário de janeiro, e que estão em situação crítica, pois suas contas estão em atraso e sofrendo cobranças. Segundo a Dircom, o salário está em dia, o que faltava era o repasse adicional, que será pago na folha de fevereiro. Porém, os contratados afirmam que o RH da Secretaria de Saúde diz que não tem previsão para o pagamento. Este imbróglio deverá ser resolvido através de ato judicial.

Segundo os funcionários da Secretaria de Saúde, os postos de saúde estão sem vigilantes desde a administração passada, inclusive estão amedrontados pois alguns usuários os ameaçam. A Dircom afirma que os vigilantes dos postos serão destinados após a contratação que estará sendo realizada ainda este mês, através de licitação e que serão destinados 60 vigias para as unidades de saúde.

A denúncia também revela que a maioria das unidades de saúde estão sem médicos, odontólogos e outros profissionais indispensáveis ao funcionamento. A Dircom afirma que será feita contratação imediata dos médicos, odontólogos e enfermeiros e que serão enviados às unidades via cooperativa.

Outra denúncia crítica dos funcionários é quanto alguns PSF, como exemplo o PSF 6, na Vila Nova, que não existem profissionais, nem sequer da limpeza, mas segundo a Dircom, o quadro funcional está sendo readequado pela Atenção Básica de Saúde, e nos próximos dias já estará em funcionamento.

A Dircom informa ainda que os funcionários do administrativo, marcadores e auxiliares de enfermagem serão contratados por processo seletivo, que estará sendo publicado em diário ainda este mês, com previsão de regularização total do quadro funcional dos PSFs, postos, unidades de saúde para a primeira semana de março.

Quanto à falta de especialidades na Central de Marcação de Exames, como exemplo a mastologia, a Dircom não emitiu parecer.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.