Barreiras recebe curso online gratuito de criação e gestão de Áreas Protegidas

A atividade coordenada pelo arquiteto e urbanista Miguel Von Behr tem foco na atuação de gestores municipais

Em 25/07 de 2020

Dircom Barreiras | Fotos: Tarcísio Boquady

O potencial de conservação do bioma Cerrado no oeste da Bahia foi detectado pelo projeto Áreas Protegidas Municipais no MATOPIBA, implementado pelo Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), no âmbito do projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento, executado pela Conservação Internacional (CI-Brasil).

Cachoeira do Redondo, Barreiras/BA

Uma das atividades do projeto está na realização do curso online Criação e Gestão de Áreas Protegidas Municipais no MATOPIBA, lecionado pelo arquiteto e urbanista mestre em Planejamento Urbano e Territorial Miguel von Behr , entre os dias 27/07 e 10/08. O curso online tem vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas por meio do preenchimento do formulário neste link: https://bit.ly/inscricaocursoieb. A seleção acontece pela coordenação do projeto e pretende analisar o conhecimento prévio dos candidatos e o envolvimento com temas relacionados à conservação ambiental.

“As áreas protegidas de Barreiras e região têm um enorme potencial. Trata-se de um território com importantes nascentes, potencial turístico, grande biodiversidade e com espaço para a prática do extrativismo sustentável. Para os municípios, as Unidades de Conservação e as Áreas Protegidas têm um importante papel na geração de emprego e renda e no abastecimento de água proporcionado pelos mananciais”.

Cachoeira do Redondo, Barreiras/BA

Na programação serão abordados assuntos como aquecimento global, desafios na gestão de unidades de conservação, impactos ambientais e planos de manejo.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.