Barreiras Folia 2108, 170 mil foliões no carnaval mais tranquilo dos últimos quatorze anos

O aumento de milhares de foliões no carnaval de Barreiras na edição Barreiras Folia 2018, não teve consequência nos registros de criminalidade durante os cinco dias de folia em todo o município. Estimativas da Policia Militar apontam que aproximadamente 150 mil pessoas passaram pelo circuito oficial Aguinaldo Pereira, e 20 mil pessoas no circuito cultural […]

Em 17/02 de 2018

O aumento de milhares de foliões no carnaval de Barreiras na edição Barreiras Folia 2018, não teve consequência nos registros de criminalidade durante os cinco dias de folia em todo o município. Estimativas da Policia Militar apontam que aproximadamente 150 mil pessoas passaram pelo circuito oficial Aguinaldo Pereira, e 20 mil pessoas no circuito cultural Zé de Hermes.

Os dados do balanço positivo emitido pela Policia Militar, Guarda Civil Municipal, Policia Civil, Juizado da Infância e Juventude, Conselho Tutelar e Samu na quinta-feira (15) sinalizam reduções nos índices de violência, furtos, porte de armas, abuso sexual contra menores, morte ou lesão corporal grave.

A justificativa das forças de segurança para a diminuição da violência no carnaval foi a instalação das portarias com barreiras disciplinadoras, vigilantes, detectores de metais e revista corporal, além da presença de policiais em pontos estratégicos, que deram suporte de segurança nos três circuitos do Barreiras Folia.

O CPRO emitiu um relatório com o comparativo de ocorrências no carnaval de Barreiras desde 2003 a 2015, e o último de 2018. Na edição 2018 foram registradas apenas 42 ocorrências durante os cinco dias, sendo que na última edição em 2015, 105 ocorrências foram registradas. Trabalharam neste carnaval 851 PMs em regime de plantão, e foram realizadas 23.822 abordagens durante o período.

Segundo o comandante da Guarda Civil Municipal, Gilmar Oliveira Rodrigues, 60 servidores estiveram todos os dias nos circuitos Aguinaldo Pereira, Zé de Hermes e Rio de Ondas, operando em serviços como apoio às portarias, patrulhamento de segurança, apoio na fiscalização das barracas com as equipes de Fiscais de Postura e Vigilância Sanitária, vigilância de stands e camarotes, além da manutenção da vigilância ao patrimônio público.

Segundo o delegado plantonista da Policia Civil, Dr. Felipe Madureira, deram entrada por boletim de ocorrência apenas 02 casos de lesão corporal, 02 furtos simples, 06 furtos de celular e 01 caso de vias de fato com lesão leve. Um número considerado irrisório diante a população que esteve presente no circuito de carnaval.

O Juizado da Vara da Infância e Juventude que trabalha em consonância com o Conselho Tutelar, emitiu um relatório apontando o decréscimo nos casos de ocorrências envolvendo menores. Foram registrados alguns fatos isolados envolvendo 03 crianças que se perderam de seus pais no circuito, 01 registro de criança em situação de risco, cuja criança acompanhava sua genitora que trabalhava como cordeira, em um bloco, porém logo resolvida com o encaminhamento do menor para o alojamento municipal infantil.

A equipe do Samu também esteve presente com 05 pontos de atendimento. Os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem realizaram aproximadamente 100 atendimentos clínicos com 05 encaminhamentos para o Hospital do Oeste e 05 encaminhamentos para o Hospital Municipal Eurico Dutra. Conforme a coordenadora Kalinka, não foram registrados nenhum atendimento grave ou com risco de morte.

Fonte: Dircom Barreiras

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.