Antonio Henrique mais uma vez ilude os professores

Ascom Sindsemb O prefeito de Barreiras, Antonio Henrique, mais uma vez enganou os professores do município. Nessa quarta-feira, 02/04, foi aprovado na Câmara de Vereadores projeto de Lei, de autoria do prefeito, que reajusta os salários dos professores do município, sem o pagamento do retroativo a partir do mês de janeiro. No dia 06 de […]

Em 03/04 de 2014

Ascom Sindsemb

Prefeito municipal de Barreiras, Antonio Henrique de Souza Moreira

Prefeito municipal de Barreiras, Antonio Henrique de Souza Moreira | Foto reprodução

O prefeito de Barreiras, Antonio Henrique, mais uma vez enganou os professores do município. Nessa quarta-feira, 02/04, foi aprovado na Câmara de Vereadores projeto de Lei, de autoria do prefeito, que reajusta os salários dos professores do município, sem o pagamento do retroativo a partir do mês de janeiro.

No dia 06 de março, a Prefeitura de Barreiras realizou a Semana Pedagógica do município. No evento, realizado no espaço Fortiori, que contou, inclusive, com as presenças ilustres do professor Doutor Miguel Arroyo, do escritor João Pedro Roriz e do ator Victor Meireles, o prefeito garantiu aos olhos de toda categoria o pagamento do retroativo a partir do mês de janeiro, assinando documento expresso onde reafirmava o compromisso, mas os servidores foram tristemente surpreendidos com aprovação do projeto e com a mentira do governo.

Na ocasião, membros de toda sociedade barreirense, inclusive os vereadores que aprovaram o projeto de lei, estavam presentes. É de interesse do poder público dificultar a vida dos professores?

O Sindicato dos Servidores Municipais de Barreiras não entende o porquê do descaso do poder público com a categoria, a mentira do prefeito e a tentativa de sempre dificultar a vida dos servidores.

1 comentário

Josevan
Comentou em 05/04/14

Um gestor que acha que investir em educação é gastar, os professores são sangue-sugas.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.