Antonio Henrique Júnior critica repressão a servidores no 7 de Setembro em Barreiras

O deputado Antonio Henrique Júnior se solidarizou com o protesto de servidores municipais de Barreiras e lamentou o esvaziamento no desfile de 7 de Setembro na cidade. Professores e alunos da rede municipal não compareceram e as escolas foram representadas apenas pelas fanfarras. Um forte aparato policial foi colocado nas ruas, a pedido do prefeito […]

Em 10/09 de 2017

O deputado Antonio Henrique Júnior se solidarizou com o protesto de servidores municipais de Barreiras e lamentou o esvaziamento no desfile de 7 de Setembro na cidade. Professores e alunos da rede municipal não compareceram e as escolas foram representadas apenas pelas fanfarras.

Um forte aparato policial foi colocado nas ruas, a pedido do prefeito municipal. “Expresso minha solidariedade às entidades representativas dos servidores e dos trabalhadores da educação que não se intimidaram e marcaram presença na avenida, protestando contra a postura arrogante e ditatorial do chefe do poder executivo barreirense”, afirmou o deputado.

Baianópolis – No final da tarde de ontem, o parlamentar esteve em Baianópolis e acompanhou os festejos cívicos ao lado da prefeita Jandira Xavier, do vice-prefeito Weuber Febrônio e demais autoridades do município.

“Foi um espetáculo simples, mas rico em valores cívicos e de resgate do nosso espírito patriótico. Todas as escolas do município estiveram representadas por jovens, crianças e adultos orgulhosos de serem brasileiros”, festejou o parlamentar.

Fonte e fotos: Assessoria de Comunicação/Deputado Estadual Antonio Henrique Júnior (PP)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.