Acordo celebra parceria para implantação de programa de inclusão social de jovens em Barreiras

Atividades serão fundamentais para inserir socialmente crianças e adolescentes e tirá-los de situação de vulnerabilidade

Em 03/06 de 2020

Com fotos e informações da Dircom Barreiras

O combate ao trabalho infanto-juvenil e a inclusão social de jovens em situação de vulnerabilidade das áreas rural e urbana de Barreiras, são o foco da mais nova parceria celebrada nessa terça-feira (2), entre o município de Barreiras e o Instituto AIBA (IAIBA).

O convênio assinado beneficiará diretamente 80 famílias de jovens em idades entre 14 e 16 anos, que no contraturno escolar, participarão de atividades capazes de desenvolver habilidades e competências, e consequentemente, reduzir a vulnerabilidade social e a situação de trabalho infantil no município.

A proposta prevê a formação de duas turmas de jovens residentes em comunidades urbanas e duas de áreas rurais que receberão uma carga horária de 320 horas aula, divididas em quatro módulos sobre Formação Humanística; Educação Ambiental; Empreendedorismo Social; e Inserção nas Cadeias Produtivas Locais. Esses alunos terão ainda, uma bolsa mensal de R$ 300 como forma de incentivo para que permaneçam em suas comunidades de origem e lá, possam promover mudanças sociais, a partir de experiências e novas aprendizagens.

O diretor financeiro da Aiba, Hélio Hopp, destacou que ao final do período do Programa, um telecentro será montado e ficará em pleno funcionamento, beneficiando jovens e comunidade.

“Nós agricultores, produzimos alimentos, mas também entendemos a importância de agir pelo social, com recursos do IAIBA e a contrapartida do município vamos oferecer aprimoramento a estas crianças. No final de vigência do programa, um moderno telecentro equipado com computadores e acesso à internet ficará montado em um local ainda a ser escolhido dentre as comunidades contempladas”, finalizou Hopp.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.